Telescópio detecta sinal forte que pode indicar vida extraterrestre

1
O radiotelescópio RATAN-600
O radiotelescópio RATAN-600

A busca por vida extraterrestre continua entre os seres humanos. Especialistas monitoram e buscam, a todo momento, qualquer tipo de sinal de inteligência fora do espectro da Terra.

Aparentemente, uma evidência detectada por um radiotelescópio russo pode, talvez, ter percebido vida extraterrestre. O aparelho notou um sinal poderoso em maio de 2015.

A função do radiotelescópio em questão é, justamente, procurar por sinais de inteligência extraterrestre. Agora, com a detecção de uma evidência, a comunidade científica está ansiosa para analisar o que foi encontrado.

De acordo com informações divulgadas pela agência de notícias France Presse, o sinal pode ser, meramente, uma interferência de rádio ou um fenômeno da natureza. No entanto, a opção de vida extraterrestre ainda é considerada com ansiedade pelos cientistas.

Em declaração publicada no site Centauri Dreams, responsável por divulgar a descoberta, o cientista Paul Gilster afirmou que, até o momento, ninguém confirma se é realmente um sinal de vida extraterrestre. “Sem dúvidas, porém, compensa fazer um estudo mais aprofundado sobre isso”, afirmou.

Detalhes sobre o sinal

O sinal foi detectado em 15 de maio de 2015, pelo radiotelescópio RATAN-600, na direção de uma HD164595, uma estrela parecida como Sol que fica a 95 anos-luz da Terra. O astro em questão fica na constelação de Hércules.

Possibilidades

Há muitos fatores que podem ter gerado o sinal poderoso em questão. Não só a possível existência de vida extraterrestre: há os motivos citados anteriormente, como uma interferência de rádio ou um fenômeno natural. Existe, ainda, a chance de que seja uma comunicação militar entre estações do solo e satélites.

Ainda não se sabe, por exemplo, se o sinal vem de uma antena isotrópica (que irradia para todas as direções). Caso a resposta seja positiva, seria uma civilização mais avançada do que a nossa em termos científicos e tecnológicos. No caso de uma banda de emissões estreita, seria uma comunidade próxima à humana.



Discussão1 Comentário

  1. Sou muito fã do acredite ou não, me inscrevi no canal de vocês, acredito sim que há muitas possibilidades de haver vida inteligente em outros planetas, pois como mesmo citado: descobrimos que o universo não consiste só na nossa galáxia.

Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com