Testes de Facebook expuseram dados de 120 milhões de usuários

0

Dados pessoais de 120 milhões de usuários do Facebook coletados por testes de aplicativos populares da marca NameTests foram expostos na internet. As informações foram descobertas por um hacker que participava do programa de recompensas do Facebook, que incentiva a identificação de aplicativos que promovem abuso de dados no site.

Em um post publicado na plataforma de textos Medium, um hacker identificado como Inti De Ceukelair, descreveu como questionários populares como “Que personagem de contos de fadas é você?” coletavam dados como nome, aniversário, fotos e lista de amigos. Segundo ele, as informações eram publicadas em um arquivo JavaScript, disponível na internet e que poderia ser obtido por terceiros.

O hacker diz que, desde maio, tentava entrar em contato com o Facebook para falar sobre o assunto várias vezes e recebeu a informação de que a empresa iria investigar o caso.

A Social Sweethearts, dona da marca NameTests, disse ao site de tecnologia TechCrunch que não há provas de que dados pessoais foram expostos a terceiros ou que foram mal utilizados.

“A segurança dos dados é levada muito a sério na Social Sweethearts e medidas estão sendo tomadas para evitar riscos no futuro”, disse a empresa por nota.

O Facebook disse que um pesquisador notificou a empresa sobre as atividades do site namestests.com por meio do Programa de Abuso de Dados, lançado em abril. “Trabalhamos com a namestests.com para resolver a vulnerabilidade em seu site, que foi concluído em junho”, disse Ime Archibong, vice-presidente de parcerias de produtos do Facebook ao site de tecnologia.

Veja também:   Fake news: Dipirona não está infectado com vírus e não vem da Venezuela

A rede social suspendeu mais de 200 aplicativos em maio por considerar que eles coletavam dados na plataforma de forma abusiva. As suspensões fazem parte de uma estratégia da empresa em tentar diminuir os impactos causados por mau uso de dados de usuários.

Até o momento, o caso NameTests não foi considerado pelo Facebook como um aplicativo de uso abuso de dados da plataforma, mas como um vazamento acidental de informações.



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com