Veja as melhores imagens da única Superlua de 2017

0

Na noite do último domingo (3), o mundo se deparou com a primeira e única Superlua de 2017. O fenômeno é registrado quando a fase cheia da Lua está próxima de seu perigeu – ponto de órbita no qual se encontra mais próximo da Terra.

Graças ao fenômeno, a Lua obteve um tamanho aparente de 12% a 14% maior que o normal. A Superlua volta a ocorrer em janeiro de 2018, mas as fotos a seguir são tão incríveis que oferecem quase a mesma sensação de visualização.

Veja:

Como ocorre a Superlua

Como em qualquer outra lua cheia, o corpo celeste parece maior e mais brilhante quando aparece no horizonte. E o mesmo ocorre com as Superluas. Ainda que elas apareçam 14% maiores e 30% mais luminosas que as luas cheias comuns, são mais surpreendentes quando estão na linha do horizonte e não altas, no céu.

Isso acontece porque a órbita da lua não é um círculo perfeito, então em alguns pontos de sua órbita ela parece estar mais próxima do planeta Terra. “Quando a lua está em seu ponto mais distante isso é conhecido como apogeu e quando está mais perto é chamado de perigeu”, explica o cientista da Nasa Noah Petro, em matéria publicada pela Agência Brasil.

No perigeu, a lua está cerca de 48 mil quilômetros mais perto da Terra do que no apogeu. Essa proximidade faz com que a lua pareça 14% maior e 30% mais brilhante do que uma lua cheia do apogeu. Por isso, a lua cheia do perigeu ficou conhecida como Superlua.



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com