Viajantes do tempo em vídeos incríveis

0

A Internet é preenchida com várias teorias conspiratórias loucas. Mas poucas coisas fascinam os usuários mais do que a viagem no tempo. Na verdade, existem dezenas de vídeos que pretendem apoiar a teoria de que a viagem no tempo é real e todos os que duvidam são apenas inimigos estúpidos. Sendo assim, atenção, todos os inimigos estúpidos: aqui estão alguns dos mais populares vídeos que comprovam a viajam no tempo.

Mike Tyson vs Peter McNeeley vs celular com câmera

Se a viagem no tempo realmente existe, é difícil acreditar que alguém iria usar seus poderes pra assistir a uma luta entre Mike Tyson e Peter McNeeley – a luta em que Tyson mordeu a orelha de Evander Holyfield foi muito mais épica. De qualquer forma, é o que a Internet está reivindicando neste vídeo reconhecidamente intrigante. No clipe, um espectador pode ser visto no fundo segurando o que parece ser algum tipo de telefone portátil, hoje conhecido como celular. Justo. Afinal, essa tecnologia já existia naquela época.

Mas o que torna este dispositivo tão interessante é que parece que tem uma lente de câmera nele, semelhante aos que você vê nos smartphones de hoje. Afinal, o que diabos era aquilo? Bem, se os comentadores tiverem razão, a pessoa não está segurando um telefone com câmera, mas a câmera digital Casio QV-100 – pensando bem, sim, faz sentido.

  Testes de DNA são passíveis de falhas?

1938: o ano do telefone celular?

Aparentemente, a chave pra ser pego viajando no tempo é segurar algo perto do seu ouvido. Neste vídeo – de 1938 -, um grupo de moças passeiam ao estilo Sex and the City. Uma delas parece segurar algo na orelha direita enquanto caminha, sorri e ri.

O primeiro pensamento da Internet: ela era um viajante do tempo que voltou décadas e, de alguma forma, encontrou algum sinal de celular. Primeiro de tudo, o serviço 4G não é bom nem hoje em dia. Em segundo lugar, como os comentadores brilhantes do YouTube salientam, é mais provável que ela esteja segurando um rádio portátil, aparelho popular na época. Isso, ou ela era um agente da CIA falando num comunicador.

É tudo um circo

Agora, este filme é um pouco mais convincente. É um clipe do filme de Charlie Chaplin de 1928, O Circo. No fundo, uma mulher pode ser vista segurando algo na sua orelha esquerda. Agora, eu sei o que você está pensando: não é exatamente isso que a mulher no clipe anterior estava fazendo? Bem, sim. No entanto, a linguagem corporal desta mulher parece um milhão de vezes mais como alguém falando num telefone celular pelas ruas de Nova York de hoje. Finalmente encontramos o viajante no tempo?

  O quão realmente sujos são os banheiros públicos?

Provavelmente não. Como os usuários nos comentários escreveram, é mais provável que ela estava segurando um aparelho auditivo portátil que tinha acabado de ser desenvolvido pela Siemens. Essa mulher provavelmente era de 1928 mesmo.

iPhone: melhor ator coadjuvante?

Esta última teoria é simplesmente engraçada. Ele nos leva de volta ao filme de 1948 Sangue de Heróis, estrelado por Henry Fonda e Shirley Temple. Em uma das cenas, Fonda puxa algum tipo de dispositivo e infelizmente recita um monte de nomes. O dispositivo que Fonda está usando realmente se parece com as alegações de algumas pessoas da Internet: um iPhone. Mas, pra teoria funcionar, Fonda teria que ser o viajante do tempo neste caso? Na última vez que eu verifiquei, o cara morreu muito antes do iPhone ser inventado.

O dispositivo é algo muito mais simples. Na verdade, muitos dos comentários sugerem que ele é apenas um caderninho de anotações. Você sabe, o dispositivo que os terapeutas usam sempre que os crentes na viagem no tempo chegam pra mais uma sessão.



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com