10 filmes famosos que foram banidos ao redor do mundo

0

Não é de hoje que muitos governos, sejam eles em caráter apenas regional ou nacional, já proibiram e baniram a exibição de diversos filmes ao redor do mundo. Apesar de parecer uma forma de violar o direito de expressão, muitos tiveram sua exibição limitada por bons motivos, enquanto que outros não.

Confira abaixo 10 filmes famosos que foram banidos ao redor do mundo:

10) Laranja Mecânica

filmesbanidos1

Dirigido por Stanley Kubrick, Laranja Mecânica retrata estupro, brutalidade e violência em um Reino Unido futurista. O filme é estrelado por Alex DeLarge, um psicopata charmoso, e seu caminho entre o crime e a terapia.

Lançado sem qualquer corte no país em 1971, a controvérsia logo surgiu por conta da quantidade de violência. E a imprensa britânica começou a reportar crimes inspirados no longa. Então Kubrick limitou o lançamento de Laranja Mecânica em outros países até 1973, quando chegou aos Estados Unidos, onde não foi motivo de polêmica, por se passar em território britânico.

Durante esse período, muitas pessoas acreditavam que o título glorificava a violência e aumentou o número de crimes no Reino Unido. Em 1973, uma garota holandesa foi estuprada por um homem que cantava a canção “Cantando na Chuva”, da mesma forma que DeLarge fez em uma cena famosa do filme. Kubrick não teve outra escolha a não ser cortar os 30 segundos da cena, para que o filme recebesse uma indicação menor.

Laranja Mecânica foi banido do Reino Unido por 27 anos. Em 2000, uma versão sem cortes foi lançada novamente no país. Baseado em um livro, o filme distorce as visões da sociedade e faz o público ficar preso em seus assentos.

  8 vídeos hilários de criminosos estúpidos pegos no flagra

9) Scarface – A Vergonha de Uma Nação

filmesbanidos2

Não confunda esse filme com aquele que foi estrelado por Al Pacino, em 1983. Scarface – A Vergonha de Uma Nação foi lançado em 1932, e retratava os violentos crimes de gângsteres na década de 30. Ele foi banido de diversos estados dos EUA e na Alemanha Nazista. Apenas em 1979 que ele foi lançado por completo ao público americano.

Filmes com essa temática eram populares na época, mas por conta de suas controvérsias, eles não era lançado em todos os estados americanos. A cidade de Chicago, por exemplo, também não exibiu o filme, já que a cultura gângster estava em crescimento no local.

O filme, inspirado em um livro de 1930, retratava a vida do famoso gângster Al Capone, que estava preso quando ele foi lançado.

8) A Vida de Brian

filmesbanidos3

Lançado em 1979, A Vida de Brian, obra do grupo de humor britânico Montu Python, foi banido do Reino Unido por se tratar de uma sátira bíblica, que fazia piada com o Cristianismo. Um dos slogans do longa era “Um longa metragem destinado a ofender quase dois terços do mundo civilizado. E incomodar, severamente, o outro terço.”

Dirigido por Terry Jones, o filme tem como protagonista Brian, que nasceu no dia de Natal e acaba sendo adorado como o novo Messias. Apesar de se tratar de uma sátira de filmes bíblicos, muitas pessoas se sentiram ofendidas com a maneira que o longa fez piada com a religião.

  39 deslumbrantes curiosidades sobre o Oscar

Os títulos lançado pelo Monty Python eram bastante populares na época. Mas a maior parte da população do Reino Unido acreditava que o grupo exagerava em suas piadas, consideradas ofensivas pela população religiosa.

7) Hillary: The Movie

filmesbanidos4

Em 2008, um grupo conservador, sem fins lucrativos, lançou Hillary: The Movie, como uma maneira de criticar a candidata democrata da eleição de 2008, Hillary Clinton.

Como muitas empresas contribuíram para a criação do filme, a Comissão Eleitoral Americana o baniu até a eleição terminasse. A razão é que ele foi enquadrado em uma regra de restrição financeira, já que ele seria utilizado para arrecadar fundos para os candidatos republicanos.

Nem é preciso dizer que o lançamento do documentário foi parar na justiça, no qual a Suprema Corte americana defendia a lei, enquanto que o grupo conservador queria valer do seu direito de liberdade de expressão.

Em 2010, o grupo conservador conseguiu uma vitória apertada de 5 votos contra 4, tudo isso graças a Primeira Emenda dos EUA. Foi considerado inconstitucional parar uma empresa de utilizar seu dinheiro para promover sua liberdade de expressão, mesmo para fins políticos.

6) Aniversário Macabro

filmesbanidos5

Dirigido por Wes Craven, esse filme foi lançado em 1972, e mostrava o rapto, estupro e assassinato de duas adolescentes por um grupo de psicopatas.

Por conta disso, o longa acabou sendo banido do Reino Unido. O órgão que fazia a classificação de filmes no país explicou, em carta, que um filme “sem qualquer tipo de mérito em seu roteiro, atuações, desenvolvimento de personagens e direção” poderia ser lançado.

  8 mitos sobre o corpo humano nos quais você sempre acreditou

O título ficou disponível, brevemente, em VHS, em 1982, e em DVD, em 2002, com 31 segundos de corte. Um remake foi feito em 2009, que arrecadou apenas US$ 14 milhões de bilheteria. O filme acabou ganhando status de “cult”, apesar das restrições em diversos lugares do mundo.

5) A Canção do Sul

filmesbanidos6

Apesar de esse filme nunca ter sido banido dos Estados Unidos, ele foi retido pela Disney por conta de sua polêmica representação dos negros americanos. Mas chegou até mesmo a inspirar uma atração popular no parque da empresa, chamado de Splash Mountain.

O filme ainda não está disponível para DVD ou Blu-Ray por conta dos estereótipos que retrata. Muitos dizem que o filme é uma forma de minimizar os efeitos da escravidão no país. Ele já foi lançado em diversos países, mas cópias jamais foram vendidas nos Estados Unidos.

Apesar de a Disney ter permitido o lançamento de sua trilha sonora, ela foi incluída em um CD denominado apenas de Classic Disney (Disney Clássica). Apesar de a Splash Mountain ser uma das atrações mais populares do parque da Disney, o filme que inspirou sua criação está “banido” há muitos anos.

4) O Massacre da Serra Elétrica

filmesbanidos7

Dirigido por Tobe Hooper, O Massacre da Serra Elétrica foi avaliado pelo órgão de avaliação de filmes do Reino Unido em 1975 e foi rejeitado, por conta de sua intensa violência e cenas grotescas. Ele acabou sendo avaliado por outro grupo, e teve sua exibição permitida apenas para adultos e com 28 segundos de corte.

  Conheça as 23 diretrizes para evitar o apocalipse das máquinas

Durante os créditos de abertura, muitos acreditaram que o filme era baseado em uma história real. Mas Hooper negou esse rumor. Muitos outros países também baniram o filme, enquanto que outros permitiram o lançamento, mas com diversos cortes.

Apesar de não ter conteúdo sexual perturbador, é um longa muito violento e intenso. Desde então, Hooper lançou diversas sequências do grotesco filme, o que ajudou a franquia a se tornar uma das mais populares do gênero de horror.

3) E.T. – O Extraterrestre

filmesbanidos8

Supreendentemente, A Noruega, Finlândia e Suécia “baniram” E.T. – O Extraterrestre, já que sua exibição foi proibida para crianças. A razão é que as  autoridades dos três países afirmaram que o filme retratava os adultos como inimigos das crianças. O limite era de 8 anos da Finlândia e de 12 na Noruega e Suécia.

Mas nem é preciso dizer que o longa fez um enorme sucesso ao redor do mundo, se tornou um clássico e é constantemente citado como um dos melhores filmes de todos os tempos.

De qualquer forma, as autoridades dos países citados acima pensaram que o título poderia afetar negativamente as audiências mais jovens.

2) O Exorcista

filmesbanidos9

Por 11 anos, O Exorcista foi banido do Reino Unido por conta de sua natureza. Lançado em 1973, o filme retratava uma garota de 12 anos, que foi possuída por um demônio. Preocupada com o comportamento de sua filha, a mãe pede ajuda de dois padres para ter a garota de volta.

  10 fatos sobre o Bullying que você não sabia

Apesar de ter sido liberado apenas para adultos nos cinemas, o filme jamais chegou às prateleiras, já que audiências mais jovens poderiam assisti-lo.

Em 2010, o filme foi enfim liberado em DVD no país, por conta dos novos efeitos especiais e novas técnicas de filmagem, e assim, quem o assistisse não ficaria tão afetado com o seu conteúdo.

Apesar de toda a controvérsia, O Exorcista é hoje considerado um verdadeiro clássico do terror.

1) A Entrevista

filmesbanidos10

A Entrevista é estrelado por Seth Rogen e James Franco e retrata a hilária aventura de seus personagens na Coreia do Norte. Apesar de se tratar de um filme de comédia, os dois protagonistas foram escolhidos pela CIA para assassinar Kim Jong-Un, o ditador do país.

A Coreia do Norte acreditou que o filme estava promovendo violência contra o próprio país. A maior parte do título foi lançada com cortes e censurada por conta da polêmica com os norte coreanos.

A estreia do longa estava marcada para 2014, mas acabou sendo restrita para a internet. A razão é que muitas redes de cinemas dos Estados Unidos optaram pelo cancelamento, após a ameaça de hackers.

Rogen e Franco afirmaram que A Entrevista não quis promover a violência. Mesmo assim, foi lançado em diversos países apenas de forma online. E, claro, foi banido da Coreia do Norte.

Fonte: Listverse

Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com