12 razões que explicam por que ainda não encontramos vida alienígena

0

Em 1950, uma conversa durante um almoço criou um cenário para a exploração astronômica que já dura décadas. O físico italiano Enrico Fermi afirmou o seguinte para alguns colegas: 1) A galáxia é muito grande e larga, com centenas de bilhões de estrelas e planetas habitáveis, e 2) Isso significa que há tempo o suficiente para civilizações avançadas se desenvolverem e se espalhar pela galáxia.

Então, onde é que elas estão? Por que ainda não apareceram?

Esse simples, mas poderoso argumento se tornou conhecido como Paradoxo de Fermi, e ainda é muito popular atualmente, especialmente nas mentes dos entusiastas da procura de vida alienígena. Os alienígenas são populares em nossa cultura, mas nada de encontrarmos evidências desses seres.

Confira abaixo 12 razões que explicam por que ainda não encontramos vida alienígena:

1) Não existem alienígenas para serem encontrados

night-night-sky-nightsky

Por mais que a Terra esteja localizada em uma galáxia que possui centenas de bilhões de estrelas, e em torno de 40 bilhões de planetas com o mesmo tamanho do nosso, é melhor aceitar o fato de que realmente estamos sozinhos no universo.

2) Não há vida inteligente além da nossa

(Claro, estamos assumindo que podemos ser considerados inteligentes) Sim, a vida elinígena pode realmente existir em outros planetas, mas apenas na forma de pequenos micróbios ou outros animais que sejam “quietos.”

  10 fatos terríveis sobre o grupo terrorista Estado Islâmico

3) As espécies inteligentes não possuem tecnologia avançada

No momento, muitos astrônomos utilizam radiotelescópios para escutar o céu noturno. Se nenhuma espécie alienígena estiver mandando algum tipo de sinal, jamais saberemos que eles existem.

4) Vida inteligente se autodestrói

star-universe-night

Seja por armas de destruição em massa, poluição planetária ou alguma doença que seja mortal, é da natureza de espécies inteligentes que cometam suicido ou acabem se autodestruindo com o passar do tempo. Assim, jamais saberemos de sua existência.

5) O universo é um lugar mortal

Na escala de tempo cósmica – que chega a casa dos bilhões de anos – a vida pode ser passageira. É necessário apenas um asteroide, uma supernova, explosão de raios gama ou uma erupção solar para deixar qualquer planeta sem vestígio ou sinais de vida.

6) O universo é infinito

A própria Via Láctea possui um tamanho no qual seria necessário viajar 100 mil anos luz para ir de uma ponta a outra. Então, é muito plausível a ideia de que os sinais de espécies alienígenas inteligentes, que estão limitados pela velocidade da luz, simplesmente ainda não chegaram até nós.

7) Nós ainda não olhamos tempo suficiente

80 anos. Esse é o tempo que os radiotelescópios, que nos permitem detectar os sinais alienígenas, estão a nossa disposição. E já estamos procurando sinais de vida fora do nosso planeta há mais de 60 anos, pelo menos. Se olharmos bem, não é muito tempo.

  Novo aparelho consegue identificar câncer em questão de segundos

8) Não estamos olhando nos lugares certos

telescopes-telescope-starring

Como mencionado anteriormente, o universo é infinito, então existem bilhões de opções para encontrarmos sinais enviados por vida alienígena. Então, podemos considerar que estamos procurando nos locais errados.

O astrônomo Andrew Fain explicou, em um artigo para o site Universe Today, que essa procura é igual se tentar se comunicar com um amigo em um rádio com 250 bilhões de canais, sem ter ideia de qual é a frequência correta.

9) A tecnologia alien pode ser muito avançada

Outra possibilidade a ser considerada é que as espécies alienígenas inteligentes podem ser muito mais avançadas do que nós. Por exemplo, enquanto utilizamos frequências de radiotelescópios, seres de outros planetas podem utilizar sinais de neutrinos. E ainda não temos a tecnologia necessária para decifrá-los.

10) Nossos sinais são fracos

telescope-technology-science-astronomy-satellite

Apesar de todos os esforços para expandir os sinais que enviamos, nós mal conseguimos mostrar ao universo a nossa presença. Mesmo que raças alienígenas possuam tecnologias semelhantes as que utilizamos, os nossos sinais de televisão e rádio são detectáveis até uma distância de apenas 0.3 anos luz. Algo insignificante para o tamanho de nossa galáxia, quem dirá do universo.

11) A Terra pode estar de lado de forma proposital

Na Terra, infelizmente, existem lugares que mal fizeram contato com povos indígenas, por exemplo. Então, podemos imaginar que o mesmo acontece com nosso planeta. Como visto no seriado Star Trek, sociedades alienígenas extremamente inteligentes podem possuir diversas regras, nas quais elas limitam seus contatos apenas com espécies que possuem tecnologia muito avançada ou um conhecimento cultural enorme.

  Veja ações inusitadas de policiais à paisana

12) Os aliens já estão aqui e nós nem percebemos

Aquelas pessoas que acreditam em conspirações adoram falar disso. Apesar das chances serem muito remotas, não é impossível imaginar que as agências dos governos do nosso planeta estão escondendo a presença de alienígenas na Terra, como já foi retratado na série de filmes Homens de Preto.

E por mais que exista a possibilidade dos alienígenas já estarem vivendo entre nós, não podemos descartar a ideia de que os aliens podem estar nos observando, como se fossemos ratos de laboratório.

Fonte: Live Science

Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com