7 coisas legitimamente brasileiras

4

Selecionamos alguns pratos e tecnologias que são tipicamente brasileiras. Mesmo que nem todas essas invenções tenha sido criadas no Brasil, boa parte delas caíram no gosto popular e também agradam turistas.

Alguns são tão arraigados a nossa cultura que é difícil imaginar que você não vai encontrá-los em uma lanchonete qualquer em outro país.

Confira 7 coisas que são legitimamente brasileiras:

1 – Coxinha

coxinha

A fritura em formato de gota recheada tradicionalmente com frango é tão querida pelos brasileiros que muitos dizem que foram o seu grande inventor.

De origem controvérsia, o fato é que a coxinha é o principal salgado preferido nas lanchonetes e festas do Brasil a fora. Aliás, não só a coxinha, mas muitos dos salgadinhos de festa na versão como o conhecemos só existem aqui.

2 – Urna eletrônica

urna-eletronica

Desde os anos 2.000 todos os eleitores brasileiros votam em urnas eletrônicas. O Brasil foi pioneiro no sistema de informatização dos votos, tendo o seu modelo aprimorado em vários outros países.

Entretanto, a votação em papel é ainda realidade na maioria dos países e em alguns lugares é tida ainda como a opção mais segura.

3 – Guaraná

guarana

Pode até não ser o seu refrigerante favorito, mas ao viajar para outro país, certamente lhe ocorrerá aquela sede de um Guaraná.

A bebida gasosa feita a partir do xarope da fruta de mesmo nome é comercializada no Brasil desde o início do século passado. Provar uma coxinha acompanhada de um guaraná em um boteco qualquer é obrigação de qualquer gringo.

Veja também:   Por que os ouvidos doem em viagens de avião - e como amenizar isso

4 – Tomada de três pinos

tomada-tres-pinos

Há seis anos o padrão de tomadas brasileiras mudou e até hoje a população tenta se adaptar ao pino adicional. A tomada de 3 pinos só existe aqui e segundo o INMETRO, ela é mais segura.

5 – Pastel de feira

pastel-feira

O pastel de feira é típico da culinária tipicamente brasileira. Entretanto, pela quantidade de orientais vendendo pastéis no Brasil, poderíamos supor que a iguaria veio do Japão.

Apesar de ter sido inventada em solos orientais, não é à toa que eles são os seus principais comerciantes. O pastel tal como o conhecemos surgiu na década de 1940 e teve ficou popular a partir dos anos 1950.

Foram os imigrantes japoneses que adaptaram a receita com os ingredientes disponíveis aqui e com o paladar brasileiro. Para a massa, substituíram a farinha de arroz pela de trigo. E trocaram o recheio de legumes com carne de porco pela carne moída e a muçarela.

6 – Cachaça

cachaca

A cachaça é uma bebida exclusiva brasileira. Trata-se de um destilado feito a partir de cana de açúcar que só pode receber esse nome se for produzido aqui.

É uma bebida presente em todos os botecos brasileiros e que faz muito sucesso com os gringos mundo afora.

7 – Chinelos de borracha

chinelo

A Havaianas é a marca mais conhecida e também sinônimo de chinelos no Brasil. Ela surgiu na década de 60 e era popular apenas entre pessoas de baixa renda devido ao seu custo acessível.

Anos mais tarde, a agora chamada sandália foi elevada à item fashion. Surgiram modelos estilizados e diversas marcas começaram também a produzir o produto com caraterísticas semelhantes.

Veja também:   Conheça o homem se alimenta exclusivamente de carne crua; saiba o motivo

Hoje, o mundo inteiro tem nos pés os famosos chinelos brasileiros.

Discussion4 Comentários

  1. Não compro mais essa sandália. Diminuíram a qualidade de algo tão simples e barato. Agora a borracha está parecida com EVA, frágil, saindo pedaços e soltando as tiras com muita facilidade. Minha última durou 1 mês. Nunca mais!

Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com