Mark Zuckerberg fez ligação ‘secreta’ para Trump após eleições de 2016

0

O presidente do Facebook, Mark Zuckerberg, parabenizou Donald Trump em uma ligação secreta, até então não conhecida, dias após a vitória do republicano à presidência dos Estados Unidos.

As informações, publicadas no site do BuzzFeed News, dão conta ainda que a rede social considerou, internamente, a campanha de Trump como “inovadora” por usar uma abordagem de marketing em testes no Facebook. A campanha de Trump gastou milhões de dólares em anúncios no Facebook em 2016.

O episódio representa mais um capítulo sobre a polêmica em torno o uso da rede social mais popular do mundo em tentativas de manipulação das eleições dos EUA em 2016. O papel da rede social na eleição americana ficou no centro da polêmica depois de vir à tona o escândalo da Cambridge Analytica, uma consultoria britânica que usou dados de 87 milhões de usuários da rede social numa tentativa de manipular eleitores americanos.

Segundo o BuzzFeed, o telefonema foi confirmado por três fontes. A empresa não quis comentar e o gabinete de imprensa da Casa Branca não respondeu ao pedido de respostas da reportagem.

Os memorandos acessados pelo BuzzFeed dão conta ainda que o Facebook adotou alguns dos métodos que aprendeu com a campanha de Trump para refinar ainda mais seu modelo de marketing, usado para avaliar sua própria publicidade.

Em 2017, a equipe de marketing da rede social emitiu uma nota dizendo que a campanha de Trump conseguiu influenciar o sentimento de voto via publicidade no Facebook usando os testes disponíveis na plataforma. A empresa também elogiou as lições aprendidas com a equipe do então candidato.

Questionada, a rede social disse que ofereceu o mesmo nível de apoio para as campanhas democrata, que tinha como candidata Hillary Clinton, e a republicana, com Trump.



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com