10 Criaturas Assustadoras Das Profundezas do Oceano

0

É mais fácil para o homem, com a tecnologia atual, explorar o universo do que as profundezas do oceano. A extrema pressão da profundidade das águas do mar impedem com que conheçamos a maior parte do nosso planeta, que é feito, na sua maioria, de água. Mas, aos poucos, o homem vai catalogando suas descobertas surpreendentes e abaixo separamos uma lista com algumas delas. Veja 0 criaturas assustadoras das profundezas do oceano.

Viperfish

Alguns desses peixes são transparentes
Alguns desses peixes são transparentes

O Viperfish (Mesopeagic), foi encontrado de 80 a 1600 metros de profundidade do mar. E é um dos mais perversos monstros marinhos que ainda existem. Alguns deles são negros como a noite, seus órgãos externos emitem luzes florescentes. Essas luzes ficam em lugares estratégicos em seu corpo, incluindo um sobre sua barbatana dorsal que serve como isca para “pescar” suas presas.

Alguns Viperfish (e muitas outras espécies do oceano profundo) não têm qualquer pigmento (cor), alguns são até transparentes. Para reunir o máximo de luz onde não há quase luz nenhuma, os órgãos desse peixe criam um processo químico chamado de bioluminescência

Fangtooth

Tem dentes super afiados
Tem dentes super afiados

O Fangtooth, também é conhecido como Anaplogaster Carnuta, e é outra criatura ameaçadora que habita as águas obscuras do oceano. Embora possa parecer um monstro, ele só cresce a um tamanho pequeno de aproximadamente 15 centímetros de comprimento. Seu corpo é curto e sua cabeça é maior do que o corpo.

Sua aparência é horrível, ele chegou a receber o nome de Ogrefish (peixe ogro). As cores dos adultos variam de marrom escuro e preto. Os peixes mais jovens dessa idade são completamente diferentes. A maioria tem a cor da pele cinza.

O Fangtooth é uma espécie que habita águas extremamente profundas, ele vive em profundidades de até 4.800 metros. A pressão nessas profundidades é intensa e a temperatura da água fica perto de zero. A comida nessas profundidades é escassa, por isso o fangtooth pode comer qualquer coisa que ele encontra pelo caminho. A maioria de suas refeições provavelmente caem nas profundezas do oceano. O Fangtooh é encontrar em todo o mundo, em regiões oceânicas tropicais e temperadas, incluindo as águas da costa Australiana!

Dragonfish

A barba desse peixe serve como isca
A barba desse peixe serve como isca

O Dragonfish, cientificamente é conhecido como Grammatostomias flagellibarba. É um predador feroz apesar de seu pequeno tamanho. É uma das muitas espécies conhecidas que habitam os profundos oceanos. Esse peixe cresce até 15 centímetros de comprimento, e tem uma grande cabeça e uma boca extremamente horrorosa cheia de dentes afiados, bem parecido com o Fangtooth.

Ele tem uma longa barba grudada em seu queixo. Essa barba também emite luz conhecida como photophore. O dragonfish usa sua barba como uma isca, para atrair outros peixes, quando o peixe chega muito perto de sua armadilha, o dragonfish agarra sua presa com suas mandíbulas.

Veja também:   Por que é impossível obter energia infinita? Entenda

O dragonfish também tem fotóforos na pele de seu corpo, fazendo com que seu corpo emita luz, eles usam isso para chamar a atenção de outros dragonfish para o acasalamento. Essas luzes florescentes também podem atrair outros tipos de peixes. O dragonfish vive em águas profundas do oceano, cerca de 1.500 metros de profundidade. E eles também podem ser encontrado em qualquer oceano tropical do mundo.

Angler (O pescador do mar profundo)

Mais conhecido como "Diabo Negro"
Mais conhecido como “Diabo Negro”

Angler, conhecido também como O pescador do mar profundo. Ele vive nas profundezas extremas do oceano. Seu corpo é arredondado e é bem semelhando a uma bola de basquete, de fato, ele poderia engolir uma facilmente. Ele tem uma grande boca, com dentes bem afiados. Sua aparência deu-lhe um segundo nome “O Diabo negro”. Apesar de sua aparência assustadora, o Angler tem o tamanho 12 centímetros de comprimento.

Um fato estranho e diferenciado do Angler é o fato de que o macho é bem menor, totalmente diferente da fêmea. O macho dessa espécie é aproximadamente do tamanho de um dedo, e tem dentes extremamente minúsculos, que servem como ganchos que ele usa para se juntar a fêmea, para você que não entendeu, aqui vai uma imagem mostrando onde o macho se liga a fêmea.

Se o macho for incapaz de se conectar a uma fêmea, irá acabar morrendo de fome, já que os outros predadores são bem maiores do que ele.
Se o macho for incapaz de se conectar a uma fêmea, irá acabar morrendo de fome, já que os outros predadores são bem maiores do que ele.

Se o macho for incapaz de se conectar a uma fêmea, irá acabar morrendo de fome, já que os outros predadores são bem maiores do que ele.

Enguia Gulper

Tem uma boca extremamente bizarra.
Tem uma boca extremamente bizarra.

A Enguia Gulper, tem o nome científico de Pelecanoides Eurypharynx, e é talvez uma de muitas criaturas bem bizarras das profundezas oceânicas. Sua característica mais notável é a enorme boca que ela tem. A boca da Enguia é vagamente articulada, podendo engolir um animal muito maior do que seu corpo. As Enguias infelizmente não têm mandíbulas grandes como as dos outros peixes, a mandíbula dela é bem semelhante à de um pelicano.

O estômago da Enguia Gulper pode se esticar para acomodar grandes predadores. A enguia também tem uma cauda bem longa, como se fosse um chicote. Muitas dessas enguias foram descobertas por meio de pescadores que acabaram pegando elas em redes de pescas, essas enguias podem crescer de 60 a 180 centímetros, elas podem ser encontradas em todos os oceanos do mundo, claro que em profundidades extremas que variam de 1.000 a 1.800 metros.

Veja também:   O que aconteceria se um asteroide caísse na Terra?

Lula Gigante

Lulas de até 6 metros de comprimento já foram encontradas
Lulas de até 6 metros de comprimento já foram encontradas

A Lula gigante é também conhecida como Architeuthis Dux, e é um dos maiores animais do mundo, atingindo um comprimento de até 19 metros. A lula gigante é um molusco, e membro da classe dos cefalópodes, que inclui os polvos e outras lulas menores.

Pouco se sabe sobre esse animal misterioso por que nunca foi encontrado um vivo em estado selvagem. Os que foram encontrados estavam mortos em beiras de praias e alguns foram puxados em redes de pesca. Esses animais são carnívoros, e podem praticamente comer qualquer coisa.

Durante a segunda guerra mundial, muitas histórias de sobreviventes de navios naufragados falavam que seus companheiros eram comidos por essas criaturas na escuridão da noite. Houve ainda relatos de lulas gigantes que mediam o tamanho de um navio, puxando as embarcações para as profundezas do oceano. Nenhum desses relatos foram oficialmente confirmados, “são apenas histórias de pescar”.

A lula gigante parece ser a refeição favorita da baleia Cachalote, algumas dessas lulas gigantes foram encontradas nos estômagos de baleias mortas, e grande parte dessas baleias carregavam cicatrizes de tentáculos em sua pele.

Isópode Gigante

A barata gigante do oceano
A barata gigante do oceano

O Isópode gigante, é conhecido cientificamente como Bathynomus giganteus, e é o maior da família Isópode. Ele é intimamente relacionado aos pequenos insetos que você encontra no jardim de sua casa.

O Isópode gigante é um crustáceo carnívoro que gasta todo o seu tempo limpando o fundo do oceano. Sua comida é extremamente escassa, de modo que o obrigasse a comer qualquer coisa que caísse no fundo do oceano. O Isópode também se alimenta de alguns outros invertebrados que vagam por essas profundezas.

Os Isópodes gigantes são conhecidos pelo seu tamanho, é obvio se não seu nome não seria Isópode gigante, podendo atingir até 40 centímetros de comprimento, de fato, esses animais são pré-históricos e parassem muito com baratas extraterrestre gigantes.

Quando estão sobe ataque, os Isópodes usam a técnica do tatu bola, se escondem em suas cascas e saem rolando por aí até que o inimigo desista de atacá-lo, alem disso mesmo o se o predador tentar engolir o Isópode nunca iria conseguir come-lo, pois, sua casca é extremamente dura. Alem de terem uma boca complexa, eles também têm muitos dentes que trabalham juntos para perfurar e triturar qualquer presa. Os Isópodes gigantes podem ser encontrados no mundo todo, em grandes profundidades de até 600 metros.

Veja também:   Antivacina: por que algumas pessoas não acreditam na imunização

Coffinfish

Seu corpo é repleto de espinhos
Seu corpo é repleto de espinhos

O Coffinfish tem um corpo flácido, e uma longa cauda ambos são cobertos com pequenos espinhos afiados. Essa espécie pode crescer até 10 centímetros de comprimento. O Coffinfish foi encontrado no centro leste do oceano indico, em profundidades que variam de 1300 a 1700 metros. Seu nome cientifico é Melanostomus. Essa espécie está em duas familias, a família Characidae; Bath Chaunax e a Chaunax.

Lula Vampiro

É bem parecido com um guarda-chuva
É bem parecido com um guarda-chuva

A Lula Vampiro, é conhecida pelos cientistas como Infernalis Vampyroteuthis, e se parece muito com alguns seres de filmes de ficção. Sua forma é gelatinosa, semelhantes aos das águas-vivas. Essas espécies de lulas têm grandes olhos, maiores do que qualquer olho de animal já visto. Não é um animal tão grande, varia de 2,50 a 15 centímetros de comprimento.

O corpo da lula vampiro é coberto com órgãos que produzem luzes chamadas de fotósforos, a lula é completamente invisível em águas escuras, onde naturalmente vive. Essas lulas vivem cerca de 1.000 metros de profundidade do oceano, ao contrário de outras lulas e polvos de menores. A Lula Vampiro não possuiu saco de tinta como as lulas comuns, esse mecanismo serve como defesa, as lulas comuns produzem um liquido meio amarronzado e quando estão sobe ameaça liberam um jato de tinta.

O braço da lula vampiro é coberto com pontas afiadas. Seus braços são modificados em filamentos retráteis que podem se estender duas vezes mais o comprimento do corpo da presa.

As lulas vampiro podem nadar muito rápido para um animal com forma gelatinosa, se o perigo está por perto, pode ter certeza que ela vai dar um jeito de escapar. O mecanismo de defesa dela é dar várias voltas ao redor de seu predador, e logo em seguida uma tentativa de fuga.

Long-nosed Chimaera

Seu nariz lembra um jato supersônico
Seu nariz lembra um jato supersônico

Os biólogos têm feito todo o possível para descrever a Quimera de nariz comprido (Harriotta Raleighana), cujo tipo pode chegar a um metro e meio de comprimento. Seu nariz em forma de agulha lembra “o contorno do nariz de um jato supersônico.” Outros o apelidaram de “rattail” por razões óbvias.

Na África do Sul, ele é conhecido como “tubarão fantasma”, embora ele não esteja diretamente relacionado com tubarões. Um toque na espinha venenosa da primeira barbatana dorsal pode matar uma pessoa, embora isso seja improvável de acontecer, dada a profundidade de 2.500 metros em que essa criatura vive.

Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com