5 gringos que zoaram o Brasil nas Olimpíadas e se deram mal

0

Brasileiros são críticos por natureza. Gostamos de falar, principalmente, sobre o Brasil. Afinal, moramos aqui e temos o direito de criticar o que é nosso, certo?

E quando um estrangeiro zomba ou critica o Brasil – ainda mais quando o assunto é a realização dos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro? Pode ter certeza: nesse momento, os brasileiros se juntam e repreendem, de diferentes formas, quem fala mal do nosso país.

Veja, abaixo, 5 gringos que tentaram zoar o Brasil nas Olimpíadas e acabaram se dando mal:

A mãe da Demi Lovato

Em seu perfil no Snapchat, Demi Lovato publicou um vídeo onde sua mãe, Dianna Hart, tira sarro do Brasil, em evidência graças aos Jogos Olímpicos Rio 2016, e do zika vírus. “Todos que forem ao Rio vão pegar o vírus da zika”, disse, aos risos, a mãe da cantora. Demi também cai na gargalhada enquanto filma o momento.

A rejeição à brincadeira foi imediata. No Twitter, Demi Lovato foi tão criticada que se tornou um dos assuntos mais comentados na rede social ao longo do fim de semana, por meio da hashtag #DemiLovatoIsOverParty.

A polêmica foi tamanha que Demi Lovato precisou vir a público para pedir desculpas pela declaração da mãe. “De forma alguma tive a intenção de ofender alguém. Estava rindo do sotaque sulista da minha mãe, não do que ela estava falando. Minhas sinceras desculpas”, afirmou.

Veja também:   Quanto ganha uma atriz pornô - e por que é mais do que um ator do ramo

Robin Williams fala sobre a escolha do país-sede

Em entrevista ao apresentador David Letterman, o já falecido ator Robin Williams fez piada com a escolha do Brasil para sediar os Jogos Olímpicos de 2016. “Espero que a Oprah não esteja chateada com as Olimpíadas, Chicago enviou a Oprah e a Michelle, enquanto o Brasil enviou 50 strippers e meio quilo de cocaína”, disse, em 2009.

A repercussão nas redes sociais foi instantânea. Dois anos depois, Robin Williams se justificou em entrevista ao Estado de S. Paulo. “Posso me desculpar agora? Foi uma piada que eu fiz. Eu li um artigo sobre os assaltos e sequestros no Brasil. Daí escolhem o Rio, sabe? Soube que alguns políticos brasileiros ficaram realmente bravos comigo. […] Droga, ofendi todo mundo! Me desculpe! É o que acontece com comédia. Quando você ultrapassa essa linha, tem gente que vai rir e gente que vai se ofender”, afirmou.

Scott Stinson, o cara do café

O jornalista Scott Stinson, do National Post, publicou, no Twitter, rede social uma foto e um texto reclamando do café servido no Brasil nas Olimpíadas. “Eu sei que todo mundo já postou fotos dos copos pequenos de café nos centros de imprensa do Rio, mas sério!”, disse ele.

Após o ocorrido, Stinson foi muito criticado pelos brasileiros, que afirmaram que a porção do nosso café é menor pois é muito mais concentrado que os outros. Em entrevista ao Buzzfeed, o jornalista canadense ainda comentou a repercussão do post. “As pessoas têm sentimentos fortes sobre café aqui”, disse.

Hope Solo

Antes de vir ao Brasil nas Olimpíadas, Hope Solo, goleira do time de futebol dos Estados Unidos, publicou, em suas redes sociais, imagens de repelentes e de uma roupa de proteção para mosquitos, em menção ao surto de zika vivenciado pelo país. Nas legendas, disse: “não estou compartilhando isso, consiga o seu” e “se alguém na Vila Olímpica esquecer o kit de repelente, venha me ver”.

Os brasileiros não deixaram passar. Hope Solo foi atacada nas redes sociais, com direito a alguns internautas enviarem fotos íntimas dela. Durante as partidas, Solo foi vaiada e sempre que encostava na bola, a torcida no estádio gritava “zika”. Em entrevista posterior, a goleira disse que se preocupou em vir protegida, mas que estava feliz em jogar no Brasil.

Veja também:   Preocupante! Incêndios na Amazônia são avistados do espaço, revela Nasa

Estado Islâmico

Quando dizem que o brasileiro não tem limites, é melhor você acreditar. A Agência Brasileira de Inteligência (Abin) confirmou, em abril deste ano, que o Brasil havia recebido uma ameaça terrorista de um membro do Estado Islâmico. A insinuação foi feita por meio da rede social Twitter.

Na rede social, o integrante do Estado Islâmico postou uma mensagem que dizia: “Brasil, vocês são nosso próximo alvo”. A publicação deveria ter intimidado os brasileiros, correto?

Nada disso. Nas redes sociais, milhares de brasileiros fizeram piada com a situação. Por meio da hashtag #SeOEstadoIslâmicoAtacar, muitos brincaram que políticos como Dilma Rousseff deveriam ser atacados primeiros, enquanto outros publicavam memes e diziam: “pode vir, Estado Islâmico”.

Texto feito originalmente por Renan Ralts para o canal Acredite Ou Não, no YouTube. Edição textual por Igor Miranda.



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com