Além da poeira e do camarão: as alergias mais estranhas do mundo

0

Alergias são comuns, em maior ou menor intensidade, e geralmente não atrapalham muito a vida das pessoas, mas nem todos têm essa sorte toda.

  • Hey, leitor do Acredite ou Não! Livros de todo e qualquer assunto com descontos imperdíveis e opção de frete grátis. Clique aqui e garanta.

Enquanto a maioria das pessoas espirra se entrar em contato com muita poeira, ou até passa mal se consumir determinados tipos de alimentos, como frutos do mar, alguns são alérgicos a coisas inusitadas e comuns no nosso dia-a-dia.

Uma das alergias mais bizarras conhecidas e que é mais comum do que muita gente imagina é a alergia ao sêmen. Algumas mulheres apresentam uma crise alérgica quando sua região genital tem contato com o esperma masculino, gerando irritação, coceira e possivelmente outros incômodos.

A alergia ao níquel também é relativamente comum, mas pode acabar sendo problemática.

A maioria das pessoas notam o sintoma ao entrar em contato com o metal presente em bijuterias, mas ela também pode ser desencadeada ao usar o celular, já que o níquel é muito presente na fabricação do “corpo” do aparelho, bem como dos botões, quando presentes.

Outro caso que se tornou famoso quando o assunto são alergias foi a de um britânico que trabalhou a vida toda como bancário e largou tudo para se dedicar a sua grande paixão, a marcenaria.

O problema é que, assim que começou no novo trabalho, ele descobriu que era alérgico a madeira. Felizmente, apenas um tipo específico do material causava o problema, mas não deixa de ser irônico.

Alergias: como viver assim?

Em casos mais extremos, pessoas podem ter alergia a coisas como água, que causa até queimaduras na pele, incluindo a água presente no corpo, como no suor ou nas lágrimas. Existem registros também de alergia ao Sol, mais precisamente à luz solar, geralmente mais comum em pessoas com a pele muito clara.

Um caso muito complicado foi registrado em Goiás, com dois irmãos que tinham alergia a praticamente todos os tipos de alimentos. Eles só podiam comer carne de rã e um tipo de leite específico e muito caro.

A deficiência de vitaminas no corpo por não poderem se alimentar corretamente fez com que um deles morresse prematuramente, em um caso extremo entre as alergias conhecidas.

  • Hey, leitor do Acredite ou Não! Livros de todo e qualquer assunto com descontos imperdíveis e opção de frete grátis. Clique aqui e garanta.

A triste história da jovem que tem alergia à água e não pode nem chorar



Deixe um Comentário

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com