Algoritmos influenciam a sua vida mais do que você imagina; entenda

0

A inteligência artificial está se tornando cada vez mais distante dos filmes de ficção científica e mais próxima da nossa realidade. Na verdade, muito mais próxima do que imaginamos. Alguns algoritmos influenciam nossa vida em aspectos que não fazemos a menor ideia.

Quem se lembra de um vídeo do ano passado que mostrava um homem sendo retirado de um avião da United Airlines para que um funcionário da companhia pudesse ocupar seu lugar? Muitas pessoas ficaram indignadas com o procedimento da empresa, mas o que poucos sabem é que a atitude foi decidida por um algoritmo de inteligência artificial.

Esse é só um dos exemplos da atuação dessa tecnologia em nossas vidas, nos mais variados aspectos. Desde aplicativos e sites de relacionamentos, que usam dados para elaborar as sugestões de pessoas até eleições, como a de Barack Obama nos Estados Unidos e Emmanuel Macron na França, que utilizaram algoritmos para segmentar os eleitores e aplicar estratégias diferentes e mais efetivas para cada segmento.

Os especialistas da área tecnológica argumentam que o grande problema do uso desses algoritmos para os mais variados fins é que na maioria das vezes o grande público não é avisado. Isso inclui, por exemplo, processos seletivos para vagas de emprego que são feitos por sistemas informatizados.

Monitoramento de redes sociais por esses algoritmos também podem ser um problema. Instituições financeiras e seguradoras têm analisado pesquisas, compras online e outros dados de pessoas que pedem empréstimos bancários e outras negociações, tudo com a ajuda de algoritmos e IA.

Veja também:   Buteyko: que história é essa de dormir com fita adesiva na boca?

Isso é muito Black Mirror

Algumas coisas que só eram possíveis na ficção estão começando a aparecer de forma relativamente rápida no mundo real. Lembra de Minority Report? Aquele filme estrelado por Tom Cruise onde a polícia consegue prever crimes e evitá-los antes que aconteçam.

Isso já é realidade nos Estados Unidos e deve ser implantado em breve na China. Um software cruza dados de locais onde crimes ocorreram, além de traçar o perfil de alguns criminosos com base em entrevistas e hábitos como compras online.

Dessa forma, o algoritmo consegue indicar locais com mais chances de ocorrência de crimes e avaliar a possibilidade de um criminoso ser reincidente. Em alguns estados americanos até mesmo o julgamento de crimes acontece com a ajuda de algoritmos que avaliam o caso e podem influenciar na sentença do juiz.



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com