Ataque de drones contra Maduro deve marcar nova era do terrorismo

0

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, afirmou ter sido vítima de uma tentativa de assassinato no último final de semana e que o ataque teria sido realizado por drones que carregavam explosivos, de acordo com as informações preliminares. E esse pode ser apenas o primeiro de muitos, o que pode marcar uma nova era para o terrorismo. Entenda mais abaixo.

Primeiramente, também vale lembrar que nove dias antes do suposto ataque contra Nicolás Maduro, terroristas do Iêmen afirmaram ter coordenado um ataque com drones bastante parecido ao aeroporto internacional de Abu Dhabi. Nenhuma pessoa morreu durante os dois ataques, mas as circunstâncias ainda continuam um grande mistério.

Voltando a falar do ataque do último final de semana, as autoridades venezuelanas afirmaram que os drones detonaram os explosivos durante um evento militar. Maduro e sua esposa não se feriram, mas outras pessoas não tiveram a mesma sorte. E o presidente venezuelano logo tratou de culpar a oposição pela tentativa de assassinato.

E qualquer um desses casos pode encorajar grupos terroristas ou os chamados “lobos solitários” a orquestrarem ataques semelhantes, o que mostra que alguma atitude precisará ser tomada para que isso não se torne algo corriqueiro.

Para início de conversa, os drones que podem ser utilizados como armas possuem uma grande vantagem tática: eles conseguem viajar a uma altitude tão baixa que não podem ser detectados por radares. Mesmo que carreguem uma quantidade pequena de explosivos, eles são capazes de destruir um avião, por exemplo. A decolagem e a aterrisagem, em especial, são dois momentos que deixam uma aeronave vulnerável e com pouca chance de reação.

Veja também:   A terrível razão pela qual você não deve olhar para um laser

Além disso, no atual momento, a segurança de aeroportos está voltada apenas para evitar que pessoas realizem algum tipo de ataque, e não está preparada para lidar com qualquer ameaça vinda dos céus.

E proteger chefes de estado desta possível nova ameaça será um verdadeiro desafio, já que suas agendas e aparições públicas costumam variar. Os drones podem ser programados para vir de qualquer direção e eles podem ser facilmente adquiridos por aqueles que desejarem orquestrar algum ataque deste tipo.

Provalmente, esses fatores foram pensados na tentativa organizada contra Nicolás Maduro no último final de semana.

Como ficou evidente, essa é uma ameaça que as autoridades ainda não estão devidamente preparadas para lidar e pode se tornar uma nova arma de grupos terroristas. Algo precisará ser feito em breve para combater esse novo perigo.



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com