Buraco negro descoberto pode ser mais antigo do que estrelas do universo

0

Não é tão raro encontrar um buraco negro no universo, mas este tipo é bem incomum. Além disso, ele também pode ser extremamente antigo, tendo nascido antes das estrelas e talvez até antes de outros buracos negros.

Sua principal característica é a sua massa, que equivale a 55 mil vezes a do nosso Sol, um número que o torna de tamanho “mediano”, nem tão pequeno e nem tão supermassivo.

O buraco negro tem sido referido pelos próprios pesquisadores como “Cachinhos Dourados”, por uma referência a história infantil, onde o objeto não seria nem pequeno demais, nem grande demais.

Acredita-se que ele pode ser uma das “sementes” a partir de onde outros buracos negros, incluindo os supermassivos, teriam se formado.

O objeto foi descoberto por cientistas da Universidade de Melbourne e da Universidade Monash, através da captação de raios gama.

Estima-se que existam cerca de 46 mil buracos negros de massa mediana, como esse, nas proximidades da Via Láctea, um número pequeno, ao contrário do que pode parecer. No entanto, se sua massa é mediana, sua importância pode ser enorme.

Os cientistas estão tentando descobrir se esse objeto, assim como outros similares, fazem parte de um grupo hipotético conhecido como buracos negros primordiais, objetos que seriam dos primeiros a terem surgido após a explosão do Big Bang, que deu origem ao universo.

Eles podem ser mais velhos do que as estrelas e galáxias conhecidas.

Tateando no escuro

Enxergar um buraco negro é impossível. Isso pode ser estranho, já que os objetos vêm sendo largamente observados ao longo das últimas décadas e há poucos anos tivemos até uma foto de um deles.

No entanto, precisamos entender que o buraco negro, em si, não emite nenhuma luz, mas é possível observar os efeitos dele nos objetos ao seu redor.

Foi o caso com esse buraco negro mediano, cuja influência gravitacional foi notada na luz de duas estrelas próximas. É dessa forma que a maioria desses objetos é observada, pelo menos enquanto a tecnologia não permite nada além disso.



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com