Como superar o fim de um relacionamento? A ciência explica

0

Quem nunca esteve naquela famosa “fossa”? Superar o fim de um relacionamento pode não ser a coisa mais fácil do mundo, mas a ciência pode te ajudar.

É claro que uma boa dose de paciência e outra de amor próprio vão acabar ajudando, mas de acordo com uma pesquisa, o que funciona mesmo é fazer o inverso do que todo mundo acha que deve fazer quando a “bad” bater.

Pode parecer muito estranho, mas segundo um estudo realizado na Universidade de Northwestern, nos Estados Unidos, o “pé na bunda” pode ser encarado com mais facilidade se a pessoa ficar remoendo os sentimentos sobre o ex-namorado ou namorada.

Grace Larson, uma das autoras da pesquisa, entende o espanto de todos. “À primeira vista, pedir que uma pessoa que acaba de sair de um relacionamento recapitule os momentos dolorosos do fim parece atrasar o processo de recuperação emocional”, disse.

Os pesquisadores utilizaram voluntários recém-saídos de relacionamentos e os dividiram em dois grupos.

O primeiro respondeu um questionário simples, enquanto o segundo grupo foi entrevistado e realizou meditações, sempre pensando e falando sobre seus relacionamentos terminados. O resultado foi que o segundo grupo conseguiu lidar melhor com a separação.

Apesar de parecer estranho, Larson garante que pensar a respeito do relacionamento recém-terminado ajuda a superá-lo. A ideia por trás disso está em entender melhor o fim e perceber que a outra pessoa não define a personalidade. Em resumo, a vida segue.

A ciência a serviço dos desiludidos

Esse não é o único estudo abordando o tema de como superar o fim de um relacionamento. Na verdade, a ciência está sempre trabalhando nisso, com a intenção de entender melhor como as separações ocorrem, o motivo de isso acontecer e formas de tornar tudo menos doloroso.

Um exemplo disso é um artigo do Journal of Experimental Social Psychology. Segundo a pesquisa, todo mundo supera os términos muito antes do que espera. Segundo a experiência, pessoas que esperavam estar prontos para outra em cerca de 20 semanas, já haviam saído da fossa em 10 ou menos.

Portanto, existe vida após o namoro ou casamento!



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com