Conheça a exótica e perigosa Ilha das Cobras

2

Já imaginou uma ilha inteira habita por cobras? Parece roteiro filme de terror, mas essa ilha realmente existe e está no Brasil.

A Ilha da Queimada Grande, que ficou popularmente conhecida como Ilha das Cobras, está localizada no município paulista de Itanhaém, a cerca de 150 quilômetros de São Paulo. Esse lugar é único no mundo.

ilha-da-queimada-grande

O nome “Queimada Grande” foi dado devido as queimadas que eram feitas para espantar as cobras.

A Ilha das Cobras possui uma área de aproximadamente 1 quilômetro e meio. Esse espaço é completamente habitado por cobras mortais da espécie Bothrops insularis, mais conhecida popularmente pelo nome de jararaca-ilhoa. Essa cobra tão mortal que pode matar uma pessoa adulta em menos de uma hora.

O veneno da jararaca-ilhoa é cinco vezes mais mortal do que o de qualquer cobra existente no país. Se cair diretamente na pele, ele age como um ácido que corrói e causa necrose nos tecidos. As pessoas picadas morrem devido a hemorragia e paralisia

Estima-se que haja na ilha uma média de 4.000 cobras.

jararaca-ilhoa

Mas por que tantas cobras?

A população de jararacas-ilhoas cresceu de forma desordenada na Ilha da Queimada Grande por elas não possuírem nenhum predador natural nesse ambiente.

Na Ilha, a cobra se alimenta comendo aves, como o atobá-pardo e seus ovos. A cobra pode ficar até seis meses sem se alimentar.

De onde as cobras vieram?

Estima-se que as cobras estão no local desde antes a Era Glacial, quando a ilha era um morro continental. Elas não tiveram como fugir quando o local se tornou uma ilha costeira.

Veja também:   Mulher diz fazer sexo com fantasmas e está noiva de um deles

A Ilha das Cobras é uma mina do tesouro?

Há muitas lendas em torno da Ilha das Cobras. Uma delas, é que as cobras foram colocadas de propósito no local para proteger um tesouro roubado por piratas.

Essa história é conhecida como “Tesouro de Trindade”. Por volta de 1524, um baú com ouro Inca foi escondido na ilha e as cobras teriam sido usadas para fazer a proteção.

Outros acreditam que o tesouro foi escondido na Ilha não por piratas, mas por jesuítas que queriam proteger suas riquezas.

Recentemente uma equipe de pesquisadores internacionais do Discovery Channel foi ao local em busca do “Tesouro de Trindade”, mas, apesar de terem vários resquícios, nenhum tesouro foi encontrado. A caçada pode ser vista no programa de seis episódios “Ilha das Cobras – Caçadores do Tesouro Perdido

ilha-das-cobras-disvoerey-channel

Morte na Ilha das Cobras

Por volta da década de 1920, um zelador foi enviado com a família para a Ilha para operar o farol local, a fim de guiar as embarcações.

Mas, pouco tempo depois, uma equipe que foi levar suprimentos encontrou o homem e sua filha mortos no local. Eles foram picados e morreram enquanto tentavam buscar ajuda.

Nos dias atuais o farol é automatizado, para evitar que outra tragédia aconteça. Agora é a Marinha que faz a manutenção do local. Ainda assim, piratas se arriscam para capturar as cobras.

farol-ilha-das-cobras

A entrada na Ilha das Cobras é controlada rigorosamente pelo governo. Apenas pesquisadores e pessoas autorizadas podem entrar no local.

Veja também:   Pessoas engoliram peças de Lego para o bem da ciência; entenda

Mas, pelo alto valor que as cobras possuem, traficantes de animais se arriscam e entram no local para caçar ilegalmente as cobras. Um único exemplar de Jararaca-ilhoa pode custar até 30 mil reais no mercado negro.

ilha-das-cobras

Discussion2 Comentários

Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com