De terremoto à água: 10 vezes em que a Terra ‘engoliu’ pessoas

0

Você já imaginou estar andando pela rua ou até mesmo dentro de sua própria casa e acabar “engolido” pela Terra? Por mais que pareça uma ideia louca de algum filme, essa é uma coisa que realmente pode acontecer na vida real. Muitas pessoas ao redor do planeta tiveram esse azar e, infelizmente, não sobreviveram para contar a história.

Confira abaixo 10 vezes em que a Terra acabou “engolindo” pessoas.

10) O homem que foi engolido enquanto dormia

terra-buraco 1

Em fevereiro de 2013, Jeff Bush dormia tranquilamente em sua casa quando o chão embaixo de seu quarto desabou e ele foi engolido pelo enorme buraco que se abriu. Seu irmão, Jeremy, acabou acordando com o estrondo e tentou procurá-lo, sem sucesso. Seu corpo nunca foi encontrado.

Jeremy e outros cinco membros da família foram resgatados sem ferimentos. A casa em que moravam e outras residências vizinhas precisaram ser demolidas por que o chão estava instável. Tanto que dois anos depois, outro buraco se abriu no local, mas ninguém se feriu justamente pelo fato de ninguém estar por lá.

9) A família que caiu em uma cratera vulcânica

Conheça outro meio de se morrer durante uma erupção de um vulcão: a abertura de uma cratera.

Em setembro de 2017, um casal e seus dois filhos andavam perto do vulcão Solfatara, na Itália, mas uma das crianças foi até uma área restrita do local. Seus pais foram buscá-la quando uma cratera de 3 metros de profundidade se abriu e engoliu os três membros dessa família. Eles acabaram morrendo, provavelmente por terem inalado gases tóxicos.

O outro filho foi o único sobrevivente e ele foi o responsável por acionar o resgate. O local era restrito por ter o solo frágil. E cair em um buraco deste tipo em um vulcão é uma morte certeira, já que além dos gases, o local também libera vapores de água que estão a 160 graus de temperatura.

8) O buraco de um prédio que engoliu um menino

terra-buraco 2

Em abril de 1993, um garoto de sete anos brincava com seu irmão em um complexo de apartamentos na cidade de North Brunswick, no estado de Nova Jérsei, nos EUA, quando colocou o pé em um pequeno buraco do jardim que se transformou em uma cratera de 2,4 metros de profundidade que o engoliu.

Veja também:   Empresa especializada em encontrar ruínas afirma ter achado Atlântida

O menino até conseguiu pedir ajuda. Seu pai, vizinhos e a polícia fizeram de tudo para retirá-lo do local, só que a cratera abriu ainda mais e acabou soterrando o garoto. Após sete horas de escavações, seu corpo foi encontrado já sem vida.

7) O espiráculo que sugou um homem para o oceano

terra-buraco 3

O espiráculo é uma formação geológica rara que está presente em áreas costeiras, que consiste em um buraco que conecta um buraco no chão diretamente com o oceano. É o mesmo nome dado àquele buraquinho na cabeça de baleias e golfinhos que joga a água para cima.

Em junho de 2011, um homem de 44 anos dançava em torno de um espiráculo no Havaí quando o retorno da água o puxou para esse buraco. Ele até conseguiu reaparecer por alguns segundos, mas foi sugado para o oceano e não voltou mais. Equipes de resgate tentaram encontra-lo por três dias, mas os trabalhos não tiveram êxito.

6) A mina de ouro que engoliu uma sala de estar

Em fevereiro de 2006, um professor chamado Jason Chellew estava em sua casa na Califórnia quando notou que o chão começou a fazer alguns barulhos estranhos. Em um piscar de olhos, acabou sendo engolido por um buraco aberto pela Terra em sua sala de estar.

Sua mulher, que estava grávida, não se feriu durante o incidente. O corpo de Jason só foi encontrado após dois dias de escavação.

Especialistas afirmaram que o buraco se abriu por conta das várias minas de ouro que existiam na cidade californiana de Alta, onde aconteceu o fato. Uma série de chuvas pode ter comprometido o solo onde se encontrava uma antiga mina e a casa da vítima.

Veja também:   Filhote de chow chow fica 9 meses preso após agredir policial na Inglaterra

5) O terremoto que “comeu” uma mulher

terra-buraco 4

Nós já vimos em filmes pessoas morreram após serem engolidas por algum terremoto. Apesar de parecer algo absurdo, pode perfeitamente acontecer na vida real.

Em 1948, um forte terremoto de magnitude 7 pontos na escala Richter atingiu a cidade de Fukui, no Japão. Uma mulher que estava em uma plantação de arroz caiu em uma fenda aberta pelo terremoto, que logo se fechou. Mais tarde, seu marido e os filhos encontraram seu corpo. Ela ainda segurava algumas das plantas de arroz que estava colhendo.

Por conta desse terremoto, outras 4 mil pessoas morreram e outras centenas ficaram desabrigadas.

4) O bairro que foi engolido pela Terra

Já vimos que a Terra engoliu pessoas que estavam em suas casas. Mas agora, vamos falar de outro nível: várias residências de uma única vez. Foi o que aconteceu na Guatemala.

Em fevereiro de 2007, habitantes da Cidade da Guatemala escutaram um barulho parecido com o de uma explosão. Mas logo notaram que se tratava de uma enorme cratera que engoliu diversas casas de um bairro. Ela tinha incríveis 100 metros de profundidade.

Três pessoas foram encontradas nesse imenso buraco aberto pela Terra, enquanto que outras pessoas despareceram. As autoridades tiveram de evacuar em torno de mil pessoas do local. Uma combinação de chuvas com a ruptura de um cano de esgoto foram os responsáveis pela abertura da cratera.

3) O buraco aberto perto de um hotel

terra-buraco 5

Em 1993, o estacionamento de um hotel na cidade americana de Atlanta foi engolido pela Terra e três carros foram levados pelo buraco que foi aberto. Duas pessoas também acabaram morrendo no acidente. Os corpos das duas vítimas foram encontrados mais tarde.

As causas foram semelhantes as da enorme cratera aberta na Guatemala: uma combinação de chuvas com encanamentos do esgoto que estavam antigos e se romperam. E o pior de tudo nessa história é que as autoridades estavam cientes de que havia um risco disso acontecer, mas não fizeram nada.

Veja também:   5 recordes de comidas gigantes que vão te deixar impressionado

2) A vez em que a Terra engoliu um cidade inteira

terra-buraco 6

A antiga cidade de Thonis-Heracleion, no Egito, foi descoberta debaixo da água em 2000. Mas poucas pessoas sabem o que causou o desaparecimento do local.

Thonis (Heracleion para os gregos) era uma cidade portuária do Rio Nilo fundada oito séculos antes de Cristo. Mas acabou afundado 1,6 mil anos depois. Ainda não se sabem as causas exatas do desaparecimento da cidade, mas especialistas citam terremotos, tsunamis ou uma erupção vulcânica. Mas existe uma coisa que todos concordam: ela sumiu no mapa em um único dia, pois ficava em um local de solo mais macio no delta do Nilo.

Mais de 1,2 mil anos após ser engolida pela Terra, Thonis-Heracleion continua quase intacta no fundo do Mar Mediterrâneo.

1) A areia movediça que enganou duas meninas

terra-buraco 7

Em setembro de 2001, as amigas Chloe Foster e Alyshia Bennett fizeram uma viagem até o Lago Charlestown, no Reino Unido. Em um momento, notaram o que parecia ser um pedaço seco de terra no local e foram até lá. Mas se tratava de areia movediça.

Elas só não foram engolidas por completo por que outras amigas foram ajudá-las. Alyshia, inclusive, ficou coberta até a altura do queixo e as demais meninas cavaram a areia movediça para que ela pudesse respirar até a chegada dos bombeiros.

Essa é a única história da lista em que as vítimas conseguiram sobreviver. E diferente do que é abordado em filmes por aí, a areia movediça não costuma ser mortal, pois chega um momento em que os sedimentos são tão densos que não conseguem mais engolir uma pessoa.

Fonte: Listverse



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com