Eleitores se infectam com vírus de propósito para ajudar Bolsonaro, diz site

1

Um vírus de computador, do tipo spambot, estaria fazendo campanha para o candidato à presidência da república Jari Bolsonaro (PSL). Alguns de seus eleitores, inclusive, estariam fazendo isso por conta própria para conseguir ajudar o deputado federal. A informação foi divulgada no final da última semana pelo site The Intercept.

De acordo com o responsáveis por divulgar a informação, esse vírus se chama Bolsocop e se trata de um arquivo do tipo “.exe”, que faz com que suas vítimas reproduzam automaticamente publicações que sejam a favor de Jair Bolsonaro. Ele teria sido lançado pela primeira vez em grupo de WhatsApp conhecido pelo nome de Resenha Política, composto por 256 pessoas, e foi criado por uma empresa sediada na cidade de Ji-Paraná, em Rondônia.

Ainda de acordo com o The Intercept, o Bolsocop seria um tipo de browser com as cores da bandeira do Brasil que tem como função abrir o Facebook. Basta apenas o usuário usar seu login e senha da rede social e pronto, o suposto aplicativo começa a replicar conteúdos a favor de Jair Bolsonaro.

“A pessoa vira um replicador zumbi de conteúdos, dando impressão que, publicamente, os assuntos são mais relevantes do que de fato são”, afirmou o site.

Além disso, os responsáveis pela criação do Bolsocop teriam afirmado que a ideia é, de fato, criar um exército de robôs que repliquem conteúdos a favor de Jair Bolsonaro como forma de combater as notícias falsas que são divulgadas contra o candidato.

Veja também:   Quando foi a última execução por pena de morte no Brasil?

O The Intercept ainda afirmou que o arquivo .exe não apenas publica conteúdo favorável ao candidato, mas que ele também seria capaz de espionar a câmera do smartphone do usuário infectado e roubar suas senhas do banco, por exemplo.

Caso seja realmente verdade, esse vírus violaria a Lei das Eleições, que impede o uso de perfis falsos e robôs nas redes sociais com o intuito de fazer propaganda eleitoral.

Por fim, o The Intercept disse que entrou em contato com os assessores da Jair Bolsonaro, que afirmaram que o candidato não possui qualquer relação ou envolvimento com o vírus.



Discussion1 Comentário

Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com