Como os dragões de Game of Thrones queimam até pedra? A física responde

0

Na última temporada de Game of Thrones, vimos os dragões trabalharem bastante e muita gente ficou surpresa com seu poder de destruição. O fogo expelido por Drogon, Rhaegal e Viserion conseguiu destruir construções de pedra e causar estragos absurdos e, embora se trate de uma série de fantasia, a física explica como o fogo dos dragões consegue ser tão potente.

A explicação foi dada pelo astrofísico Neil DeGrasse Tyson, um dos cientistas mais populares do mundo, em uma entrevista para o portal Insider. Muita gente estranhou o fato de que construções de pedra e alvenaria ficaram em chamas por causa do fogo do dragão, especialmente durante a queima de Porto Real, mas Tyson explicou como isso poderia ser possível.

Segundo o cientista, o fogo de dragão funciona como a explosão de uma bomba, que tem como principal fundamento o superaquecimento do ar em seu entorno de forma repentina. Isso funciona ainda mais efetivamente em locais fechados como casas, quartos, salas e também nas ruas estreitas de Porto Real. Assim, o superaquecimento do ar causa uma onde de choque, similar a explosão de uma bomba, que destrói os prédios.

Em resumo, o poder de destruição dos dragões depende de uma espécie de reação em cadeia com superaquecimento repentino que gera ondas de choque capazes de destruir edifícios de pedra. O calor intenso causa o mesmo efeito de explosão nos destroços, reduzindo tudo a cinzas.

O pior de todos

A destruição de Porto Real no penúltimo episódio da série impressionou, até mesmo porque a essa altura, Daenerys Targaryen contava com apenas um de seus dragões, o gigantesco Drogon. A fera montada pela rainha não deixou praticamente nada em pé na cidade, de muralhas até a grande Fortaleza Vermelha, queimando ainda casas e pessoas nas ruas.

Veja também:   Cadáveres se mexem até um ano depois da morte; entenda os motivos

No entanto, Drogon não é nada comparado a Balerion, o Terror Negro, dragão montado por Aegon, o Conquistador, antepassado de Daenerys e primeiro a unir os Sete Reinos de Westeros sob seu comando. Balerion é o maior dragão que já viveu, superando em muito o tamanho de Drogon. O tamanho de seu poder pode ser conferido em Harrenhal, que já foi o maior castelo de Westeros, mas foi reduzido a um punhado de ruínas pelo dragão.



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com