Ponto Nemo: o que é o ‘deserto’ localizado no meio do oceano Pacífico

0

Bem no centro da porção sul do oceano Pacífico está localizado um deserto. Pode parecer estranho, mas é assim que os cientistas definem o chamado Ponto Nemo, o lugar no oceano mais distante de qualquer porção de terra.

O ponto em si, é circundado pelo chamado Giro do Pacífico Sul, um conjunto de correntes que transformam aquela região em um grande redemoinho.

O local é tão remoto que é frequentemente usado como cemitério de satélites e outros detritos espaciais, que são programados para caírem na região, reduzindo assim qualquer risco de ferir alguém em terra.

A vida marinha no local também é escassa, o que explica o fato de uma região tão grande do oceano Pacífico (cerca de 10% dele) ser chamada de deserto.

Nem mesmo no fundo do mar da região a vida é abundante. Isso é explicado pela própria distância em relação à terra, já que é de lá que acabam vindo os nutrientes que alimentam muitos animais a plantas marinhos.

As correntes oceânicas, que transformam o local em um redemoinho, também contribuem para que o alimento não chegue.

Para ajudar a complicar, o local tem uma das maiores incidências de raios ultravioleta em todo o mundo, o que torna tudo ainda mais difícil. Ao todo, no planeta, existem 5 giros como esse, que é o maior deles e também o mais inóspito.

Tem alguém aí?

Foi só em 2015 que os cientistas começaram a ter uma ideia melhor do que existe nessa região do oceano Pacífico, em termos de vida.

Obviamente, são apenas organismos microscópicos que sobrevivem na região e mesmo assim, são bem raros.

Uma expedição cruzou o Giro do Pacífico Sul e o Ponto Nemo saindo do Chile e indo até a Nova Zelândia.

Os pesquisadores analisaram uma região de profundidade entre 20 e 5 mil metros e o que encontraram de mais concreto foram apenas colônias de bactérias.

Eles chegaram à conclusão de que o local tem 1 terço a menos de vida microscópica do que o resto dos mares, em média.



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com