Se você vê corretamente essa imagem, você é muito criativo

27

O que você vê no desenho a seguir?

pessoas-criativas-desenho

Apenas 1 em 100 pessoas conseguem adivinhar o que é este desenho, para o restante delas, ele é completamente incompreensível.

Tente novamente. O truque que ajudou alguns foi cobrir o lado mais escuro da imagem com a mão.

pessoas-criativas-desenho

Se ainda não conseguiu identificar o que é esse misterioso desenho, aqui vai ele novamente, só que desta vez colorido.

pessoas-criativas-desenhos

É realmente um homem com um chapéu de cowboy!
Algumas pessoas levaram quase uma hora inteira para descobrir a real forma desse desenho, enquanto poucos sortudos foram capazes de vê-lo imediatamente. Se você pertence ao último grupo, você pode se considerar uma pessoa altamente criativa como mostram os estudos.

Os processos criativos são considerados práticas altamente abstratas e não quantificáveis, muitas vezes eles até são referidos como “estouros” de inspiração repentina que surgem do nada. No entanto, os cientistas têm sido capazes de realizar determinadas pesquisas para capturar o processo criativo, a fim de analisar as distintivas características que as pessoas criativas têm. O que os pesquisadores conseguiram perceber, é que pessoas criativas tendem a usar partes muito maiores de seu cérebro durante o processo de pensamento. Isso lhes dá a oportunidade de usar mais associações e memória ao tentarem decodificar algo.

No caso da desconstrução de uma imagem, basicamente, as pessoas criativas têm mais com que trabalhar quando olham para uma imagem desconhecida, o que significa que elas conseguem assimilar “peças” anteriormente conhecidas de forma muito mais rápida na construção de suas idéias.

  31 curiosidades sobre a diabetes

Portanto, não é de admirar que para algumas pessoas, este quebra-cabeça foi muito fácil de se resolver. No entanto, você não deve pensar que algo está errado com você por ter passado bastante tempo olhando o desenho e mesmo assim, ter enxergado apenas uma imagem distorcida de um morcego ou um rato. Isso apenas significa que você processa novas informações de uma maneira diferente, geralmente de uma forma pouco mais formal, seguindo certas regras e associações conhecidas, enquanto que para pessoas mais criativas, esse processo inclui um tipo de pensamento mais “fora da caixa”, com mais opções de escolha para se trabalhar.

Este desenho não é o primeiro a estimular essa conversa a cerca do efeito do nosso processo de pensamento sobre a forma como percebemos o mundo. O famoso dilema “pato-coelho” apresentado pelo psicólogo americano Joseph Jastrow em 1899, fomentou um ponto de partida para pesquisas sobre essa tema.

Antes de continuar lendo, pare e olhe o desenho abaixo:
O que você vê? Um pato ou um coelho? Você consegue facilmente encontrar o outro animal? Você pode mudar de uma perspectiva para a outra com facilidade, ou é preciso algum esforço?
pato-coelho
Para este desenho, não há um palpite certo ou errado (mesmo que a maioria das pessoas adivinhem primeiro o pato). É mais uma questão da habilidade de mudar rapidamente de uma percepção para a outra.

  Buraco na camada de ozônio atinge seu menor nível desde 1988

Todos esses recursos contam ao determinar se você é uma pessoa altamente ou razoavelmente criativa. De acordo com uma pesquisa feita pelo psicologo Richard Wiseman, com um grupo de outros psicólogos da Universidade de Edimburgo, Escócia, as pessoas criativas realmente percebem o mundo de uma forma diferente, pois são mais capazes de reparar coisas de muitos ângulos diferentes.

Usando o desenho do “pato-coelho”, os participantes do estudo tiveram que responder a perguntas não muito diferentes das feitas anteriormente. Além disso, foi pedido a eles que listassem vários usos incomuns para objetos diários em um curto espaço de tempo. Os resultados foram claros: pessoas que podiam mudar sem esforço de uma percepção para outra, foram capazes de atribuir novos propósitos aos objetos conhecidos de uma forma muito melhor.

Um traço muito conhecido de pessoas criativas, é pensar facilmente em caminhos alternativos e encontrar conexão entre dois conceitos aparentemente não relacionados. Seu cérebro é muito mais rápido quando trabalha na interpretação de diferentes aspectos de um conceito. Portanto, os resultados apontam que há uma diferença em como as pessoas altamente criativas percebem o mundo em oposição à criatividade média.

Se não fosse por gênios criativos e sua capacidade de enxergar as coisas de muitas perspectivas diferentes, teríamos sido privados das muitas descobertas e inovações que ajudaram a moldar o mundo como hoje o conhecemos.

  As 10 crianças mais heroicas dos últimos tempos
Fonte

Discussão27 Comentários

  1. Vi o cowboy em menos de 5 segundos, ao bater o olho na imagem, sem analisa-la, pensei que fosse um rato com asas kk mas dando uma olhada com mais atenção percebi que era um cowboy no ato. Mas não sou criativo, curso arquitetura e vivo quebrando a cabeça para desenvolver projetos e conceitos..

  2. Eu pensei que era uma meio que uma cidade mais para uma” floresta”.Depois eu vi que era um cowboy mais eu consegui ver que era um cowboy 8 segundos depois

  3. Pensei que fosse uma espécie de pássaro, capturando com a pata algum animal do tipo rastejante RS
    Ao olhar de novo, vi o cowboy, quando pensei ter visto um rosto e analisei a imagem.

  4. Engraçado, anteontem eu vi o rosto de primeira. Pensei até que fosse pegadinha, tipo, para olharmos algo além do rosto. Mas, salvei a página para ler com calma depois. Hoje acessei de novo e não enxerguei absolutamente nada. Acho que depende de como estamos mentalmente. Meu Instagram: @raulggalvao.

  5. Eu vi o Cowboy no instante que olhei para a imagem. Em seguida fui observar mais detalhes cub dois insetos em luta, e mais a fundo enxerguei um canivete suíço

Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com