Top 10: as raças de cachorro mais inteligentes

0

Quem tem cachorro em casa ou convive com algum, sabe que se trata de uma espécie inteligente. Os animais em questão possuem uma capacidade de aprendizagem interessante, que pode ser estimulada com um bom treinamento.

A capacidade cognitiva dos cachorros pode trazer benefícios para a vida em sociedade. Seja em funções de guarda, guia ou até mesmo companhia, os cães podem ser muito úteis.

Todo cachorro é bastante esperto, no entanto, há raças consideradas mais propensas à obediência e ao trabalho. Esses tipos de cães foram classificados como os mais inteligentes de acordo com um estudo feito por Stanley Coren, professor de psicologia da Universidade da Columbia Britânica, treinador e especialista em comportamento canino.

Coren desenvolveu uma lista com os cachorros considerados mais inteligentes do mundo e lançou em formato de livro (“A inteligência dos cães”). A chamada “inteligência instintiva” não foi considerada pelo estudioso. Na obra, 133 raças foram avaliadas e listadas em 79 posições por 208 juízes.

Veja a classificação dos critérios atingidos por cada cachorro:

  • Graduações de 1 a 10: correspondem aos melhores cães em termos de inteligência e trabalho. A maioria dos cães destas raças começam a mostrar sinais de compreensão de comandos simples após apenas 5 repetições e não precisam de muita prática para manter esses comandos. Eles obedecem à primeira ordem dada pelo dono ou treinador em cerca de 95% dos casos. Além disso, costumam obedecer a esses comandos apenas alguns segundos depois de emitidos, mesmo que o dono esteja longe fisicamente.
  • Graduações de 11 a 26: são excelentes cães de trabalho. Compreendem muito bem comandos simples depois de 5 a 15 repetições, embora possam melhorar com a prática. Eles respondem ao primeiro comando em cerca de 85% dos casos, ou mais. Em casos de ordens mais complexas, é possível notar, uma pequena demora no tempo de resposta, mas isso pode ser eliminada com mais prática. Cães deste grupo também podem demorar mais a responder, se seus donos ou treinadores estiverem fisicamente distantes.
  • Graduações de 27 a 39: são cães de trabalho acima da média. Embora eles demonstrem um entendimento preliminar de novas tarefas simples depois de 15 repetições, em média vão precisar de 15 a 20 repetições antes de obedecer. Os cães desse grupo se beneficiam enormemente de sessões extras de treinamento, principalmente no começo da aprendizagem. Depois que aprendem e adquirem o hábito do novo comportamento, geralmente retêm os comandos com certa facilidade. Outra característica destes cães é que costumam responder no primeiro comando em 70% dos casos, dependendo da quantidade de tempo investido no treinamento. A única coisa que os separa dos melhores cães em obediência é que eles tendem a demorar um pouco mais para responder. Além disso, parecem ter um pouco mais de dificuldade em se concentrar quando o dono se distancia fisicamente. No entanto, quanto maior a dedicação, paciência e persistência do dono ou treinador, maior o grau de obediência destas raças.
  • Graduações de 40 a 54: são cães de inteligência de trabalho e obediência intermediária. Durante o aprendizado, eles irão demonstrar sinais rudimentares de compreensão após 15 a 20 repetições. No entanto, para que obedeçam razoavelmente são necessárias de 25 a 40 tentativas. Se treinados adequadamente, irão apresentar boa retenção, mas se este esforço inicial não for feito no início do treinamento, o cão perderá rapidamente o hábito de aprender. Normalmente respondem no primeiro comando em 50% dos casos, mas o grau de obediência final e confiabilidade vai depender da prática. A resposta destas raças também poderá responder ser consideravelmente mais lenta.
  • Graduações de 55 a 69: são cães cuja capacidade de obediência e de trabalho é apenas razoável. Às vezes é preciso cerca de 25 tentativas antes de começarem a mostrar algum sinal de entendimento de um comando novo. Provavelmente, serão precisas outras 40 a 80 repetições para a obtenção de uma resposta confiável. A resposta pronta ao primeiro comando ocorre em apenas 30% dos casos, se não houver sessões ocasionais de reforço. Mesmo assim, obedecerão melhor se o dono estiver muito perto deles fisicamente. Os animais dessas raças parecem estar sempre distraídos e obedecem apenas quando estão com vontade.
  • Graduações de 70 a 79: são as raças julgadas como as mais difíceis, com o menor grau de inteligência de trabalho e obediência. Durante o treinamento inicial, podem precisar de 30 a 40 repetições de comandos simples antes de mostrarem algum sinal de que fazem ideia do que se trata. Não é raro que esses cães precisem executar mais de 100 vezes um comando antes de se mostrarem um desempenho confiável.
Veja também:   8 coisas básicas nas quais nós, seres humanos, deixamos a desejar

Confira quais os cachorros mais inteligentes, de acordo com Stanley Coren:

10º. Boiadeiro australiano

10-boiadeiro-australiano

Em décimo lugar, está o Boiadeiro australiano, cão conhecido por guardar e conduzir rebanhos de bovinos. Trata-se de uma raça corajosa, determinada, resistente, muito ligada ao dono e à família. Não é um cão muito amigável com estranhos, mas não quer dizer que ele seja violento. O Boiadeiro australiano é tão inteligente que pode até mesmo ser, às vezes, intencionalmente teimoso – no entanto, basta um bom treinamento para evitar esse tipo de situação.

9º. Rottweiler

(Foto: PoshMoggy / Flickr)
(Foto: PoshMoggy / Flickr)

O Rottweiler é uma das raças de grande porte favoritas no Brasil – e está entre as dez mais inteligentes, de acordo com o estudo de Stanley Coren. Trata-se de uma espécie robusta, resistente, leal e versátil. Diferente do Boiadeiro australiano, por exemplo, o Rottweiler pode ser mais sociável. Muito inteligente, o cão em questão é utilizado por policiais, em pastoreio e até em competições físicas.

8º. Papillon

08-papillon

Cachorro de pequeno porte, o Papillon é muito enérgico e afetuoso. Além de sociável, essa raça é utilitária, pois pode caçar ratos e coelhos, bem como ser guardiã. Apesar do tamanho reduzido, não confunda o Papillon com outros pequenos, como Yorkshire – trata-se de um cão muito ativo.

7º. Labrador

07-labrador

A simpatia e a versatilidade são as principais características do Labrador. Simpatia porque é um cão amigável, dócil, que se dá bem com todo tipo de ser humano, inclusive crianças. Versatilidade porque pode ser utilizado como um cão de caça, um guarda, guia para cegos ou até um cão de busca, para uso policial. Daí vem a sua inteligência – pode se adequar a todo tipo de situação.

Veja também:   Peixes contaminados em pesquisa científica são furtados de laboratório da Unesp

6º. Pastor de Shetland

(Foto: Chris Winkler / Flickr)
(Foto: Chris Winkler / Flickr)

Enérgico e elegante, o Pastor de Shetland é muito inteligente. Trata-se de um cão sociável, muito obediente e de fácil cognição. O nome entrega a sua origem: é um cachorro típico de pastoreio e pecuária, mas que se adaptou à vida urbana. Com o passar do tempo, seu porte foi diminuindo, mas ainda é um cão de bastante energia.

5°. Doberman

05-Doberman

Guardião nato e com faro de caçador, o Doberman é muito inteligente. Por sua vigilância, foi utilizado como cão policial no passado e hoje tornou-se comum em muitas casas. Apesar de esperto, trata-se de uma raça temperamental. Um bom adestramento é ideal para que o cachorro não se imponha como líder em sua casa. Pode ser agressivo com estranhos se o treinamento não for ideal. Como estamos falando de um cão de ótima cognição, o tutor precisa ser apenas firme, sem tratar o animal com agressividade. Quando bem treinado, pode ficar bastante amigável.

4º. Golden Retriever

04-golden-retriever

O Golden Retriever é uma raça de cachorro ideal para quem gosta de estar sempre ao ar livre. Pode ser utilizado para caça ou guia para cegos. Trata-se de um cão muito afetuoso, especialmente com crianças. Enérgico e atlético, o Golden Retriever é inteligente a ponto de não precisar de um adestramento convencional – no entanto, o tutor deve estar presente desde cedo, para que não fique desobediente.

3º. Pastor Alemão

03-pastor-alemao

Muito corajoso e inteligente, o Pastor Alemão tem uma vantagem – é bastante disciplinado e não precisa de um treinamento muito forte para compreender situações. Tem porte físico privilegiado e ótimo faro. É um dos cães policiais mais conhecidos do mundo. Com descendência de pastoreio, tem uma concepção de guarda diferenciada.

Veja também:   A cura para o câncer pode estar nos tubarões-brancos; entenda

2º. Poodle

02-poodle

Uma das raças mais populares do Brasil é, também, uma das mais inteligentes. Muito inteligentes, os Poodles são sociáveis, afetuosos e pegam comandos com muita facilidade. Por outro lado, o porte reduzido faz com que não seja uma opção adequada para trabalhos mais árduos. Ainda assim, eles têm uma inteligência bastante desenvolvida. Encaixam-se em vários tipos de famílias e são facilmente adestráveis. Gostam de estar no centro das atenções.

1º. Border Collie

01-border-collie

O número um da lista de Stanley Coren é ideal para todo tipo de atividade. A cognição de um Border Collie é tão desenvolvida que, às vezes, pode ficar entediado se não tiver novos desafios com frequência. É considerado o melhor cão de pastoreio existente e um dos melhores cães de guarda, por sua boa percepção. Também é muito afetuoso ao tutor e sua família, podendo também ser sociável se for acostumado com o contato de outas pessoas desde cedo.

Veja a lista completa neste site.



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com