7 descobertas do fundo do mar que ninguém consegue explicar

0

Se nós levarmos em conta que 70% de nosso planeta está coberto de água, não chega a ser uma surpresa imaginar que ainda existem diversos mistérios e fenômenos do fundo do mar que ainda não descobrimos, desde navios afundados a enormes ecossistemas.

Mesmo assim, muitas dessas descobertas e achados do fundo do mar se tornam motivo de especulação e teorias, já que é muito difícil explicar suas origens e se são obra do ser humano ou da própria natureza.

Confira abaixo sete descobertas do fundo do mar que ninguém consegue explicar:

Menção honrosa: um parque de esculturas submerso

fundo do mar-descobertas 1

Apesar de sua origem ter explicações (por isso foi classificado apenas como menção honrosa), não podíamos ignorar por completo esse item.

Existe uma grande galeria de esculturas dentro da área de proteção Molinere Beausejour, que fica na costa de Granada, país que fica no Caribe. A uma profunidade de quatro ou cinco metros, essa coleção de estátuas foi designada para mostrar uma área conservada do oceano e exibir as belezas da natureza no local.

Muitas das esculturas, que possuem o tamanho real de crianças locais, estão cobertas pela vegetação e cracas, se tornando um local de entusiastas de mergulho e lar de diversas espécies marinhas.

7) Stonehenge aquática

fundo do mar-descobertas 2

Uma estranha formação de rochas, semelhante com Stonehenge, se encontra no fundo do Lago Michigan, que fica na divisa dos Estados Unidos e Canadá. Ainda não se sabe a origem dessas rochas, mas acredita-se que elas tenham mil anos de idade.

  5 tratamentos bizarros para doenças mentais

O local foi descoberto pelo professor Mark Holley, de uma universidade do estado de Michigan, com a ajuda de seu colega, Brian Abbot, em 2007.  A descoberta ocorreu enquanto atravessavam o lago com um navio carregado com equipamentos sonares, e muito mais questionamentos surgiram ao invés de respostas.

O mistério aumentou ainda mais quando foi encontrado um desenho de um mastodonte, descendente dos elefantes, cravado em uma das rochas. O animal foi extinto há 10 mil anos, o que sugere que a stonehenge aquática pode ter surgido durante a Era do Gelo.

6) O complexo de Yonaguni

fundo do mar-descobertas 3

O complexo submerso de Yonaguni é um dos grandes mistérios do fundo do mar do Japão desde que o mergulhador Kihachiro Aratake fez a descoberta, em  1985.

A antiga estrutura, que está submersa na costa sul das Ilhas Ryukyu, já gerou diversos debates entre arqueólogos e pesquisadores, que não sabem explicar se o complexo foi feito pelo homem ou se trata de uma formação natural.

Uma das explicações sobre o complexo de Yonaguni é que ele pode ser um resquício de Mu, uma civilização fantasiosa que foi varrida do mapa em um passado distante. Por conta de todos esse mistérios, o local é conhecido como a Atlântida japonesa.

5) As locomotivas perdidas

fundo do mar-descobertas 4

Quando o capitão Paul Hepler estava mapeando o fundo do mar na costa do estado de Nova Jérsei, nos EUA, em 1985, fez uma descoberta bizarra: encontrou duas locomotivas de trens, posicionadas corretamente.

  10 contos bizarros que ocorreram ao longo da história

Mergulhos subsequentes revelaram que as locomotivas pertenciam a um dos primeiros modelos a serem construídos nos Estados Unidos, mas ninguém ainda sabe explicar como que foram parar no fundo do mar.

Inúmeras teorias já tentaram explicar como que locomotivas pararam no fundo do mar. A mais aceita é que elas podem ter caído de um navio durante uma tempestade, mas como não existe qualquer registro que algo semelhante foi perdido, essa ideia se tornou apenas especulação.

4) A Estrada de Bimini

fundo do mar-descobertas 5

Uma das atrações turísticas mais populares das Bahamas é a chamada Estrada de Bimini, uma estranha e peculiar formação geológica que está no fundo do mar, nas proximidades da Ilha de Bimini.

Mais uma vez, suas origens estão cercadas de mistério e ninguém sabe explicar se foi uma obra do homem ou da própria natureza.

A Estrada de Bimini foi descoberta em 1930, e há quem diga que ela seria uma das ruínas da famosa cidade de Atlântida. Independente do que seja, se tornou um local muito popular entre mergulhadores.

3) A anomalia do Mar Báltico

fundo do mar-descobertas 6

No fundo do Mar Báltico, a 90 metros de profundidade, existe um estranho objeto que se lembra muito com a nave Millennium Falcon da saga Star Wars.

O estranho objeto circular, que recebeu o nome de Anomalia do Mar Báltico, foi descoberto pelo explorador sueco Peter Lindberg e sua equipe em junho de 2011.

  Mitos: 10 personalidades míticas que realmente existiram

Quem gosta de uma teoria de conspiração acredita que essa é uma prova de que aliens já visitaram a Terra em um passado distante. E outras ideias já surgiram nesses últimos anos.

Pesquisadores da Universidade de Estocolmo fizeram análises de amostras da anomalia e concluiram se tratar de um depósito glacial, mas Lindberg não ficou satisfeito com o resultado, ao afirmar que seu equipamento ficou sem energia quando se aproximou do objeto.

2) O misterioso som de “Julia”

Em 1999, um misterioso e assustador som foi captado pela Administração Oceânica e Atmosférica Nacional (NOAA, na sigla em inglês) dos Estados Unidos, nas profundezas do Oceano Pacífico.

O misterioso som, que não dura mais do que 15 segundos e recebeu o nome de “Julia”, se assemelha muito com o choro ou o gemido de uma pessoa. É aquele tipo de sinal que brinca com a nossa imaginação, se considerarmos que apenas 5% de todos os oceanos foram explorados pelo ser humano.

Os pesquisadores da NOAA acreditam se tratar do som de um iceberg que está “arranhando” o fundo do mar. Mas a imaginação humana ainda gosta de imaginar que se trata de algum leviatã ou criatura semelhante.

1) Uma cidade que está debaixo d’água

fundo do mar-descobertas 7

Em 2002, cientistas marinhos indianos descobriram uma enorme cidade perdida a 36 metros de profundidade no Golfo de Cambaia, na costa ocidental de Índia.

  As 9 cidades submersas mais misteriosas do mundo

Por mais que diversas ruínas de antigas civilizações já tenham sido descobertas pela história, o que surpreendeu os pesquisadores, nesse caso, é que a cidade possui, aproximadamente, 9,5 mil anos de existência.

A questão é que ela seria milhares de anos mais velha que as primeiras pessoas que chegaram ao local, o que dificultou a tarefa de pesquisadores ao tentar encontrar alguma explicação.

Alguns objetos coletados da cidade incluem materiais de construção, cerâmica, partes de muros, esculturas e até mesmo restos humanos. Todos esses itens seriam mais 4 mil anos mais velhos que a civilização do Vale do Indo, a primeira a se estabelecer no local.

Fonte: WhatCulture

Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com