A Força de Star Wars pode existir? A ciência explica

0

Após um certo tempo de espera, finalmente Star Wars: Os Últimos Jedi estreou nos cinemas brasileiros na última semana. Mas aqui, não iremos falar a respeito da história supreendente e emocionante do filme, mas sim sobre do conceito mais popular da saga: a misteriosa Força.

Será que é fisicamente possível a existência de algo semelhante com a Força no mundo real? Objetos podem realmente ser manipulados instantanêamente a partir de uma certa distância?

Confira abaixo algumas respostas que a física moderna tem em relação a essa pergunta.

Observando outras forças

Obi-Wan Kenobi disse a Luke Skywalker, no filme original da saga, que a Força “nos cerca e nos penetra, e liga toda a galáxia.”

Os físicos modernos acreditam que existem quatro forças fundamentais: duas forças nucleares, a força eletromagnética e a força gravitacional. Todas elas teriam um papel importante juntar qualquer tipo de matéria, desde os átomos até o maior dos planetas.

No entanto, essas não devem ser as forças que estamos procurando. O motivo é que Obi-Wan, Yoda e Luke podem se comunicar telepaticamente (SPOILERS: se voce já assistiu ao filme, viu que Rey e Kylo Ren conseguem conversar dessa forma. FIM DOS SPOILERS) através de grandes distâncias e mover objetos com suas mentes.

Será que esses feitos são possíveis? E o que as leis da física falam a respeito disso?

Einstein não permite tal feito

A famosa teoria da relatividade de Einstein coloca alguns limites bem restritos sobre o quão rápido podemos nos comunicar. O limite de qualquer velocidade é a velocidade da luz.

  Investigação aponta uso de perfis falsos para influenciar eleições no Brasil

Assim, se você deseja enviar a Alderaan uma mensagem para alertar seus cidadãos a respeito de um ataque imperial, sempre haverá algum atraso. E mesmo assim, talvez não haja tempo suficiente para uma evacuação por conta do tempo de viagem para transmitir a mensagem.

Obi-Wan não poderia ter sentido um distúrbio na Força alguns instantes após a Estrela da Morte destruir Alderaan. Ou será que ele realmente conseguiu?

É tudo verdade

E o que a física quântica diz a respeito da transmissão de informações em grandes distâncias? Infelizmente, não somos capazes de quebrar o limite de velocidade de Einstein, mesmo se tivéssemos a Millenium Falcon, icônica nave de Star Wars, em mãos. E aqui, não vamos levar em conta a alegação de Han Solo de que fez a Corrida Kessel em menos de 12 parsecs, pois estamos falando de distância, e não de tempo.

No entanto, por meio de um truque na mecânica quântica, você pode ligar duas partículas de uma maneira especial, separá-las e observar os efeitos em casa uma delas mesmo em grandes distâncias. Isso é conhecido como Entrelaçamento Quântico (também conhecido como Emaranhamento Quântico). E isso é muito mais estranho e confuso que qualquer coisa que George Lucas, criador de Star Wars, já tenha pensado.

Esse entrelaçamento já foi demonstrado em laboratório com partículas de luz. Quando essas duas partículas ou fótons são separadas por grandes distâncias, elas ainda estão correlacionadas em si. Se você medir uma delas, a outra estará exatamente igual, não importando a distância que separa as duas.

  Tinta especial vira arma para combater o mosquito Aedes aegypti

Einstein não era muito fã dessa ideia. Só que experimentos realizados pela física moderna mostram que esse entrelaçamento é real e que partículas podem se conectar mesmo se estiverem localizadas à longas distâncias.

Igual Han Solo disse, é tudo verdade.

De fato, George Lucas foi influenciado pelas teorias quânticas quando estava escrevendo o roteiro original de Star Wars. No final dos anos 60 e início dos anos 70, pensadores e pesquisadores da época acreditavam que o Entrelaçamento Quântico seria uma “força” que realmente nos liga.

Sabemos, por meio de experimentos físicos, que um observador pode se “entrelaçar” com o objeto que estiver analisando, o que pode até mesmo afetar qualquer medida. Foi isso que casou a ideia de que estamos entrelaçados de alguma forma e que existe uma conexão entre qualquer coisa viva que esteja presente na galáxia.

Alguns problemas

Mas como não poderia deixar de ser, sempre existem alguns poréns. Por exemplo, os efeitos do Entrelaçamento Quântico são pequenos para objetos do nosso dia a dia.

Se Kylo Ren fosse um físico, ele poderia manipular algumas partículas de luz para se “entrelaçar” com elas. Agora, parar um feixe de raio laser já é outra história.

Entretanto, no mundo da física de matéria condensada – o estudo dos objetos em estado sólido – o entrelaçamento é muito mais trivial.

  45 incríveis curiosidades sobre o corpo humano

Os físicos das partículas em estado sólido também estudam o entrelaçamento de bilhões e bilhões de partículas que estão juntas, normalmente com resultados espetaculares, como a supercondutividade.

Esses novos fenômenos – como um supercondutor flutuando sobre um imã por meio do Efeito Meissner – são originários do macroscópico entrelaçamento quântico de elétrons ou uma força que que age sobre grandes distâncias.

Ela existe, a partir de um certo ponto de vista

Assim, podemos dizer que existe um pouco de verdade na ideia por trás da Força de Star Wars, a partir de um certo ponto de vista, de acordo com o que Obi-Wan disse.

O Entrelaçamento Quântico possui um papel importante na física moderna e é um fator de ligação preponderante entre matéria e energia. No entanto, o fenômeno, em uma larga escala, é difícil de ser alcançado e ainda mais complicado de ser observado em criaturas vivas.

E se a Força for “um campo de energia criado por todos os seres vivos?”

Físicos apenas começaram a estudar os efeitos do Entrelaçamento Quântico na biologia, em um campo relativamente novo chamado de “biologia quântica.”

E existem evidências circunstanciais que mostram que biomoléculas grandes podem ser influenciadas pelos efeitos do Entrelaçamento Quântico.

A possibilidade do entrelaçamento ter um papel significativo nos processos que geram a vida ainda parecem ser baixos. Mas como Han Solo diria, “nunca me diga as possibilidades!”

  Descoberto planeta próximo a Terra com capacidade para abrigar vida
Fonte: LiveScience

Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com