Antigo mar de Marte pode oferecer pistas da origem da vida na Terra

0

Marte pode parecer ser um local desolado e inóspito atualmente, mas esse nem sempre foi o caso. Cientistas descobriram que enorme mar já existiu no sul do planeta vermelho há 3,7 bilhões de anos atrás, que possuía fontes hidrotermais.

E o mais interessante dessa descoberta é que essa atividade das fontes é bem semelhante com o que aconteceu com a Terra no mesmo período, o que pode dar novas pistas sobre a origem da vida no nosso planeta.

“Mesmo que jamais encontremos evidências de que já existiu vida em Marte, esse local pode nos contar mais a respeito do tipo de ambiente em que a vida pode ter começado na Terra”, explicou Paul Niles, da NASA, um dos responsáveis pela pesquisa.

“A atividade vulcânica, combinada com a água que estava parada no local, ofereceu condições que são, provavelmente, similares com aquelas que existiam na Terra no mesmo período, quando o vida estava se desenvolvendo aqui”, complementou.

Um aparelho que está dentro de uma sonda que orbita Marte foi o responsável pela descoberta, após análises de uma bacia no sul de Marte, chamada Eridania,  onde foi detectado grandes depósitos de minerais na superfície do local.

Os padrões e composições químicas do local sugerem que a bacia já foi o local de fontes termais, um enorme oceano (que possuía 210 mil quilômetros cúbicos de água) e rochas aquecidas pela atividade vulcânica.

  Nasa lança sonda que atravessará atmosfera do Sol em 2018

Acredita-se que há um bilhão de anos atrás, a atmosfera marciana e suas reservas de água desapareceram por conta dos ventos solares, já que Marte não possui um campo magnético igual ao da Terra para protegê-lo do fenômeno.

E esse potencial nascimento de vida não se aplica apenas ao nosso vizinho. “lembram muito as fontes hidrotermais que ficam no fundo dos oceanos da Terra, semelhante a ambientes onde a vida pode ser encontrada em outros mundos (outro exemplo é Encélado, uma das luas de Saturno). A vida não precisa de uma atmosfera agradável ou uma temperatura de superfície agradável, mas apenas de pedras, calor e água”, explicou Niles.

Outro motivo que faz essa descoberta ser tão importante é que os registros desse tipo de atividade na Terra não são muito bem preservados e são difíceis de serem estudados. Assim, a superfície marciana pode ajudar a preencher esse vazio.

Recentemente, também começou a circular a teoria de as primeiras formas de vida da Terra surgiram a partir de fragmentos de meteoritos que se chocaram com pequenas lagoas aquecidas na superfície do planeta.

Fonte: Science Alert

Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com