Dieta a base de batata frita deixa adolescente cego; entenda

0

Um jovem britânico de 17 anos sofreu uma perda de visão irreparável por motivos de desnutrição. Ele se alimentava basicamente de batata frita. Sua alimentação era totalmente baseada na guloseima, que ele raramente alternava com produtos como batata chips, pão branco, e ainda mais raramente presunto e salsicha. Ele viveu assim desde que saiu da escola primária.

Desde os 14 anos, o garoto, não identificado, sofria com ausência de vitaminas, especialmente a vitamina B12. Ele foi orientado por médicos a tomar suplementos e melhorar sua dieta, mas não seguiu os conselhos e aos 17 apresentou um quadro grave de perda progressiva de visão. Acontece que a ausência de vitaminas e nutrientes prejudicou, entre outras coisas, seu nervo ótico, fazendo com que ele perdesse a visão aos poucos.

Segundo a médica Denize Atan, do Bristol Eye Hospital, que atendeu o garoto, sua justificativa para a dieta era muito simples. “Ele explicava esse comportamento como uma aversão a certas texturas de comida que ele não conseguia tolerar, e, portanto, as batatas fritas e chips eram realmente os únicos tipos de alimento de que ele tinha vontade e achava que podia comer”, contou a oftalmologista.

O jovem apresentava um peso normal, não estando nem acima do indicado e nem abaixo, mas mesmo assim foi classificado como desnutrido, devido à falta de minerais e nutrientes que afetavam até mesmo seus ossos.

Danos irreversíveis

O que afetou a visão do garoto foi uma condição chamada de neuropatia óptica nutricional, ocasionada especificamente pela ausência de vitamina B12. O problema poderia ter sido tratado se fosse diagnosticado com antecedência, mas no caso dele, já existem células mortas no nervo ótico, o que torna os danos irreversíveis.

Veja também:   Netflix faz mal para a saúde das pessoas e do planeta, aponta estudo

Segundo a Dra. Atan, ele apresenta pontos cegos bem no meio do campo de visão, fazendo com que seja quase impossível dirigir, ler ou reconhecer rostos. O garoto se enquadra como deficiente visual, mas por ainda possuir visão periférica, poderá andar sozinho, com algum cuidado, é claro.



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com