Afinal, como seria a vida na Terra plana? Confira 10 exemplos

0

Todos nós já estamos cansados de saber que nosso planeta possui o formato de esfera, não é mesmo? Quer dizer, quase todos, já que também existem algumas pessoas que continuam afirmando e insistindo que a Terra é plana. De qualquer forma, em algum momento, você já imaginou como seria nossa vida com a Terra plana?

Com isso em mente, confira abaixo 10 exemplos de como seria a vida por aqui dessa maneira.

Você não cairia das bordas do planeta

Com a Terra é uma esfera, a gravidade joga tudo para a mesma direção: para baixo. E segundo a definição da Nasa, é a “força que um planeta ou outro corpo atrai objetos para seu centro”. Mas vamos supor que a Terra é plana: se você estiver no centro (que os terra planistas dizem se tratar do polo norte), a gravidade teria o mesmo efeito, mas as coisas ficariam estranhas nas bordas.

Segundo o site Vsauce, se aproximar das bordas do planeta seria um desafio e tanto. O motivo é que a gravidade te empurraria para o centro do planeta. Então, você teria de se preocupar mais em não cair pra trás do que cair e parar no espaço.

Eclipses lunares seriam muito diferentes

(Foto: Reuters / reprodução)
(Foto: Reuters / reprodução)

Os gregos notaram no passado distante que quando ocorre um eclipse lunar, a sombra que passa pela Lua é redonda. E logo perceberam que se tratava da sombra do nosso planeta.

Agora, na Terra plana, as coisas seriam bem diferentes. Os eclipses lunares seriam muito, mas muito sem graça. Ao invés dessa sombra redonda que cobre o nosso satélite natural, teríamos apenas uma faixa bem fina passando pela Lua. Com certeza, não seria a mesma coisa.

Veríamos barcos sem a sensação de que estão emergindo

barco fantasma

Se você mora ou, ao menos, já foi a uma cidade litorânea, sabe que os barcos parecem emergir do oceano. Isso é culpa justamente do fato do nosso planeta ser redondo.

Agora, na Terra plana, esse momento seria totalmente diferente. Ao invés dessa sensação de que os barcos estão emergindo aos poucos do oceano, seria possível já avistá-los de longe por completo.

Os esportes não funcionariam da mesma forma

Futebol Americano

Na Terra plana, teríamos de praticar nossos esportes favoritos praticamente no meio do planeta, que seria o único local onde a gravidade se portaria do jeito que nós a conhecemos.

Primeiro, nós teríamos de nos acostumar a praticar esportes em temperaturas baixíssimas, já que os terra planistas dizem que o polo norte está no centro do disco (e no fundo, nem seria possível, conforme explicaremos mais abaixo). E segundo, por conta da influência da gravidade, como nós dissemos no primeiro item, esportes que precisam de uma bola não dariam nem um pouco certo.

Segundo o site Business Insider, se você jogar uma bola na vertical, ela não irá cair no mesmo lugar, mas sim em direção ao centro do disco. E por conta da força da gravidade, se você estiver nas bordas do planeta e arremessar uma bola na direção do centro, ela irá parar muito mais longe do que na situação contrária.

A geografia da Terra plana seria muito diferente

Sim, a geografia seria muito estranha e bizarra se a Terra fosse plana. Primeiro que o polo norte seria o centro das atenções, já que seria o único local do planeta onde a gravidade funcionaria normalmente. Mas isso é só o início.

Por conta da influência da gravidade, toda a água do planeta seria empurrada para o centro do planeta. Então, o polo norte seria completamente tomado pelos oceanos. Enquanto isso, por consequência, as bordas se transfomariam em um verdadeiro deserto, já que não teria como existir água por lá.

Observaríamos todas as estrelas no céu

Os gregos notaram na antiguidade que a Terra era redonda também pelo fato de algumas estrelas serem observáveis apenas em determinadas partes do planeta. O famoso filósofo Aristóteles disse o seguinte, após uma viagem até o Egito: “existem estrelas vistas no Egito e no Chipre que não são vistas em regiões mais ao norte”. E chegou a dizer que nossa casa não era tão grande assim por que bastava viajar um pouco para notar a diferença.

Agora, na Terra plana, as coisas seriam bem diferentes. Por conta do seu formato, seríamos capazes de ver todas as estrelas no céu, independente do local.

O Pink Floyd teria de mudar o nome do seu álbum mais famoso

Lua-capa

Com a Terra plana, a Lua ficaria a uma distância de apenas 4,8 mil km do planeta, o que não é lá grande coisa para esses padrões. E se quiséssemos enxergá-la da mesma forma, ela teria de ser bem pequena, com apenas 51 km de largura.

Mas outra coisa que aconteceria nesse caso é que seríamos, de certa forma, capazes de enxergar todos os seus lados, ao contrário do que acontece na realidade, em que um lado seu está sempre voltado para a Terra e o outro, não. O site Metabunk deu um exemplo: se a Lua estiver entre a África e a América do Sul, a diferença de 130 graus no ângulo de visão faria com que as pessoas nesses continentes enxergassem lados opostos do nosso satélite natural.

Desta forma, a banda Pink Floyd teria de escolher outro nome para seu disco mais famoso, The Dark Side of The Moon, já que a Lua jamais teria um lado oculto.

Árvores cresceriam em ângulos estranhos nas bordas do planeta

Sabemos que nesse cenário, não existiria água nas bordas no nosso planeta. Mas vamos supor que, de alguma forma, as árvores ainda conseguiriam crescer nesses locais. Por conta gravidade, que empurraria as coisas para o centro do disco, árvores e plantas cresceriam na diagonal, de acordo com o site Earth Institute.

E, claro, isso também afetaria a construção de casas e prédios, por exemplo. Sem dizer que seria um pouco difícil ir à padaria por conta da gravidade.

Seria possível ver o sol mesmo durante a noite

morte-sol

Falamos bastante sobre a Lua. Então, agora é a vez do Sol: como que ele se comportaria com a Terra Plana? De início, ele seria menor e mais próximo do nosso planeta. E sua luz seria jogada em nossa direção igual a um teatro: alguns locais teriam bastante luz, enquanto que outros ficaram no escuro

Mas segundo o site The Hub, mesmo nesse cenário, ainda existiria um pouco de luz, mesmo nas partes escuras. Ou seja, seria possível ver o Sol em qualquer hora do dia, mesmo durante a noite.

A vida na Terra não seria possível

campo magnetico terra

Por fim, você já notou que tudo que dissemos tornaria nossa vida um pouco complicada na Terra plana, não é mesmo? Mas a verdade é que se o planeta tivesse esse formato, qualquer tipo de vida não existiria por aqui

A Terra possui um campo magnético que nos protege da radiação do sol. O motivo disso é que o núcleo está sempre girando, o que gera esse campo. No entanto, com o planeta em formato de disco, isso não aconteceria.

Desta forma, estaríamos todos vulneráveis às partículas e a radiação do Sol, a atmosfera seria destruída e o ar e a água estariam em direção ao espaço. Ou seja, tudo que foi dito, na verdade, seria irrelevante, já que a vida não conseguiria se desenvolver por aqui.

Fonte: Grunge



Veja também:   Qual a diferença entre Inglaterra, Reino Unido e Grã-Bretanha?

Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com