20 misteriosas curiosidades sobre a Cientologia

0

A Cientologia foi criada por L. Ron Hubbard (1911-1986) em 1952, sendo a sucessora dos sistemas de auto-ajuda chamado Dianéticas. Hubbard caracterizou oficialmente a Cientologia como religião e em 1953, incorporou a Igreja em Camden, Nova Jersey. Confira 20 misteriosas curiosidades sobre a Cientologia.

curiosidades sobre a cientologia

Confira algumas misteriosas curiosidades sobre a Cientologia

 

A criação da Igreja
A Igreja da Cientologia foi criada em 1954 e é baseada nos ensinamentos do autor americano L. Ron Hubbard.
Números falsos
Embora a Igreja da Cientologia afirme que tem mais de 10 milhões de membros, os seus críticos argumentam que tem apenas cerca de 500.000, principalmente nos Estados Unidos, África do Sul e Austrália.
A sucessora da Dianética
A Cientologia é uma sucessora do sistema de auto-ajuda anterior do fundador Hubbard chamado de “Dianética”, que foi publicado pela primeira vez em 1950. Sua publicação é considerada pelos cientólogos como o momento seminal do século XX.
A Dianética
A precursora da Cientologia foi chamada de “Dianética”. Inicialmente foi concebida como uma nova psicoterapia e não era esperado para levar a uma nova religião.
Requisitos mínimos
O inquilino básico da Cientologia deve ser um homem “basicamente bom e que sua salvação espiritual dependa de si mesmo, de seus companheiros e de sua conquista da fraternidade com o universo”.
Os princípios fundamentais
Os princípios fundamentais da Cientologia são: 1) o homem é um ser imortal, alienígena, espiritual chamado thetan, 2) sua experiência se estende muito além de uma única vida e 3) suas capacidades são ilimitadas, mesmo que não se realizem.
A estrutura da Cientologia
A estrutura completa da prática da Cientologia é chamada de “The Bridge to Total Freedom”. Os níveis de progressão são Pre-Clear, Clear e Operating Thetan. Pre-clear é a fase inicial em que um membro passa por uma sessão de terapia chamada “auditoria”. Um membro é “Clear” quando, após as sessões de auditoria, ele está livre de emoções negativas. O nível final é o Operating Thetan, que é onde o participante está no controle da vida, do pensamento, da matéria, da energia, do espaço e do tempo.
A cruz da Cientologia
A cruz da Cientologia é um símbolo principal na religião. É semelhante à cruz cristã, mas tem 4 raios diagonais adicionais entre os braços horizontal e vertical. Os oito pontos da cruz simbolizam as 8 dinâmicas na Cientologia: 1) O “eu”, 2) criatividade, sexo e a procriação (família), 3) grupos, 4) humanidade, 5) todas as formas de vida, 6) universo físico, 7) espiritualidade e 8) Deus, infinito, ou o Ser Supremo.
Vivendo em outros planetas
Os cientólogos acreditam que as almas viveram em outros planetas antes de habitarem a Terra. Uma pessoa não pode progredir até que as “aberrações” das vidas anteriores sejam limpas.
Nada de revelação
Cientólogos acreditam que L. Ron Hubbard descobriu sua religião através de métodos científicos, não por revelação.
Limpando a mente humana
Em suas sessões de terapia, o fundador da Cientologia, L. Ron Hubbard, usou a palavra “limpar” da ciência da computação antiga. Hubbard sentia que a mente humana era semelhante a um computador que precisava ser “limpo” dos dados falhos.
Entendendo a palavra
Cientologia é uma contração do latim scio, “saber”, e do grego logos, “estudo de”. Em resumo, Cientologia significa “sabendo como saber”.
Sessões de terapia
Os cientólogos eliminam comportamentos autodestrutivos limpando suas mentes de más lembranças chamadas “engramas” através de sessões de terapia chamadas “auditorias”. Especificamente, o fundador L. Ron Hubbard definiu um engrama como “uma imagem mental de um momento de dor e inconsciência”.
Dinheiro para avançar de nível
Uma das críticas mais significativas da Cientologia é que os membros devem pagar quantias significativas de dinheiro para participar de “auditorias”, ou sessões de terapia, a fim de avançar para novos níveis de compreensão.
Os ensinamentos devem ser seguidos
Uma crítica à Cientologia é sua tolerância zero em qualquer oposição ou qualquer forma de dissidência aos ensinamentos do fundador L. Ron Hubbard.
Que história convincente
Segundo o fundador da Cientologia, L. Ron Hubbard, um alienígena chamado Xenu (ou Xemu) foi o ditador da “Confederação Galáctica” que, há 75 milhões de anos, trouxe bilhões de pessoas para “Teegeeack” (Terra) e os matou com bombas de hidrogênio. Suas almas (thetans) permaneceram presas na Terra e Xenu as implantou com imagens falsas de eventos históricos que Hubbard afirma que nunca existiram, como a morte de Jesus Cristo. Ele considerava os thetans como almas humanas.
Não é o cérebro
A Igreja da Cientologia acredita que os thetans (ou espíritos alienígenas), e não o sistema nervoso central, comandam o corpo através de pontos de comunicação.
Ele foi muitas pessoas
Hubbard disse a seus associados que tinha sido muitas pessoas antes de nascer Lafayette Ronald Hubbard, em 13 de março de 1911. Especificamente, ele acreditava que foi Cecil Rhodes, o rei britânico de diamantes do Sul da África e um marechal de Joana d’Arc. Depois de sua morte em 1986, uma publicação de cientólogos afirmou que Hubbard foi o músico original que inventou a música há 3 milhões de anos.
Compreendendo o símbolo
O símbolo da Cientologia consiste em uma letra “S”, que significa “Scientology” (Cientologia em português), dentro dos triângulos de ARC e KRC, duas ideias importantes na Cientologia. ARC é um acrônimo de Afinidade, Realidade e Comunicação e KRC é um acrônimo de Conhecimento, Responsabilidade e Controle.
A Igreja em alguns países
Na Suíça, a Igreja da Cientologia é definida como uma empresa comercial. Na França e no Chile, é considerada como um culto.
Veja também:   A ilusão de ótica que te faz ver cores em fotos em preto e branco

 

FONTE



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com