Gêmeos nascem no Réveillon e fazem aniversário em anos diferentes; entenda

0

Um casal de gêmeos nasceu na noite do Réveillon de 2021 para 2022, mas o intervalo entre eles foi o suficiente para que cada um tenha nascido em um ano.

  • Volta às aulas 2022! Antecipe as compras escolares em até 10x sem juros, até 55% de desconto e frete grátis! Clique aqui.
  • Amazon Prime: frete GRÁTIS, filmes, séries e mais por R$ 9,90/mês. Assine agora!

O caso raro aconteceu no estado americano da Califórnia e os dois bebês, Alfredo Antonio Trujillo e Aylin Yolanda Trujillo, vão sempre ter um ano de diferença na idade, apesar de terem nascido com 15 minutos de diferença.

Alfredo foi o primeiro dos gêmeos a nascer, exatamente as 11h45m da noite do dia 31 de dezembro de 2021.

No entanto, 15 minutos depois, exatamente quando todos comemoravam a chegada do dia 1º de janeiro de 2022, Aylin nasceu, sendo também uma das inúmeras candidatas a “primeiro bebê de 2022”, algo que é praticamente impossível de apontar com certeza.

Os pais das crianças, Fatima Madrigal e Robert Trujillo estão surpresos e felizes com o fato de que os dois bebês estão muito bem de saúde e logo puderam ir para casa, onde conheceram seus outros irmãos, trigêmeos. De acordo com médicos e especialistas, a chance de gêmeos nascerem em anos diferentes é de uma em dois milhões.

O nascimento de gêmeos nos Estados Unidos tem visto uma alta nos últimos anos. Em 2021, foram 120 mil bebês, totalizando cerca de 3% de todos os nascimentos em território americano. Mas nem todos tiveram essa coincidência tão rara e impressionante dos irmãos Alfredo e Aylin.

Gêmeos: iguais, mas diferentes

Irmãos gêmeos compartilham praticamente o mesmo DNA quando gerados, mas ainda possuem diferenças que vão muito além de gostos, preferências e personalidades.

Basta observar que eles possuem impressões digitais diferentes – o que é ótimo, pois isso seria um problema para sistemas de segurança e de identificação ao redor do mundo.

O país com maior ocorrência de gêmeos é a Nigéria, enquanto a China, apesar de ter a maior população do mundo, é o país onde eles menos ocorrem.

Entre os animais, o fenômeno também pode ser observado e a espécie mais comum é a dos ursos polares.



  • Volta às aulas 2022! Antecipe as compras escolares em até 10x sem juros, até 55% de desconto e frete grátis! Clique aqui.
  • Amazon Prime: frete GRÁTIS, filmes, séries e mais por R$ 9,90/mês. Assine agora!

Deixe um Comentário

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com