5 hospícios insanos e os horrores que aconteceram neles

0

Quando se fala em hospício, sempre nos vem à cabeça aquela imagem sombria, perturbadora e deprimente que é mostrada nos filmes de terror. Mas, o maior realismo mostrado nas telas sobre algum hospício aconteceu na segunda (e melhor) temporada da aclamada série de horror e drama “American Horror Story: Asylum”, em que nos foi mostrado um ambiente completamente sombrio e impactante de um manicômio fictício dos anos 60 (e que foi inspirado no último desta lista) chamado Briarcliff Mental Institution. Para quem deseja assistir, vale muito a pena.

Saindo da ficção, esta lista traz cinco dos mais sombrios e assustadores hospícios que já existiram, nos trazendo uma pergunta na cabeça sobre o porquê de ambientes tão hostis terem abrigado pacientes por tanto tempo.

hospícios

Confira os 5 hospícios mais insanos e os horrores que aconteceram neles

 

1. Topeka State Hospital, no Kansas

topeka state

O legado deixado pelo Topeka State Hospital é a história de um paciente que tinha sido amarrado com tanta força e por tanto tempo, que sua pele tinha começado a crescer sobre as cintas que o mantinham preso. Esse foi apenas um dos vários casos que marcaram o manicômio. Eles também recorreram ao abuso, estupro e castração, tudo como um meio de controlar os seus pacientes. O Topeka State Hospital foi fechado oficialmente em 1997.

2. Danvers State Hospital, em Massachusetts

danvers state

Este enorme edifício gótico foi construído na década de 1870 como um lar para os doentes mentais e insanos, com o objetivo de tratar seus pacientes com bondade e compaixão. O Danvers State é considerado o berço da lobotomia e vários rumores estavam se espalhando sobre os tratamentos possivelmente desumanos acontecendo por trás de suas portas. Alguns pensavam que os médicos estavam recorrendo a vários métodos, como sobredosagem de insulina nos pacientes e tratamentos violentos de choque, apenas para controlá-los. Danvers State foi completamente fechado em 1992, e o restante dos edifícios se transformou em apartamentos. Pode ou não ser assombrado, mas imagina, dormir em um quarto onde antes foi o palco para os terríveis métodos de controlar os pacientes.

Veja também:   Conheça o homem se alimenta exclusivamente de carne crua; saiba o motivo

3. Waverly Hills Sanatorium, em Kentucky

waverly hills

Waverly Hills é dito ser um dos lugares mais assombrados na América, claro que existe uma boa razão para isso. Não é um manicômio, mas sim um hospital para pacientes com tuberculose. Não havia um tratamento médico garantido para a tuberculose quando Waverly Hills foi construído, então os médicos ocasionalmente recorreram a alguns métodos bastante bárbaros. Eles removiam as costelas e músculos dos pacientes e poderiam ter até mesmo inserido balões nos pulmões para ajudá-los a expandir mais. Muitos morreram, seus corpos eram derrubados na “rampa do corpo”. Não se sabe ao certo quantas pessoas morreram em Waverly Hills, mas o número varia de 150 a 63.000 por ano.

4. Overbrook Insane Asylum, em Nova Jersey

overbrook asylum

Como sempre acontece nas histórias dos hospícios mais insanos que existiram, o relacionamento dos médicos com os doentes no Overbrook também não foi nada legal. Muitos pacientes precisavam de cuidados especiais e não estavam recebendo. Nesse manicômio, as condições eram tão precárias que vários pacientes congelaram até a morte e msuas camas no início do século XX. Alguns corpos desapareceram misteriosamente e nunca foram encontrados. O Overbrook Insane Asylum foi feventualmente fechado nos anos 70.

5. Willowbrook State School, em Staten Island, distrito de Nova York

willowbrook school

A história do Willowbrook é incrivelmente chocante e triste, mostrando até onde chega a perversidade humana. Nos anos 60, Robert Kennedy visitou o manicômio e ficou completamente chocado com suas condições de “zoológico”. Mas toda a história contada por ele não foi levada muito a sério até que o repórter Geraldo Rivera investigou o Willowbrook e descobriu as condições verdadeiramente terríveis em que o hospício se encontrava. Os pacientes foram deixados vagando pelos corredores e quartos (que mais se pareciam celas), muitas vezes, cobertos com sua própria urina e fezes, e alguns foram agredidos sexualmente pela equipe. Willowbrook State School foi parcialmente a inspiração para American Horror Story: Asylum (considerado por muitos como a melhor temporada da série) e pode ter abrigado o lendário assassino Cropsey, que matou crianças e as enterrou perto da propriedade do hospício.

Veja também:   Agosto é o mês do desgosto? Saiba de onde veio essa 'fama'

 

FONTE



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com