Misofonia: a condição que causa aversão a sons como o da mastigação

0

É muito comum que as pessoas se irritem com determinados sons. No entanto, para os portadores de misofonia, essa irritação é simplesmente incontrolável. Barulhos comuns como respiração, pessoas comendo, dedos em um teclado e qualquer som que na maioria das vezes passaria despercebido pode funcionar como um gatilho para uma crise de nervos que pode ser terrível.

A misofonia é um transtorno que ocorre na área do cérebro ligada as emoções. Essa área se conecta com as outras de forma diferente, especialmente em relação a área responsável pela audição. Isso faz com que alguns sons possam ser realmente um problema, causando grande irritação, crises de nervos e problemas de convivência. “Portadores de misofonia são afetados emocionalmente por sons comuns – geralmente os produzidos por outras pessoas e que não recebem muita atenção”, explica o psicólogo James Cartreine.

A indiana Pragya Bhagat começou a perceber cedo que tinha problemas com alguns sons específicos. Aos 7 anos de idade, não conseguia se controlar quando ouvia o som que seu pai fazia ao beber chá. Ela tinha crises de choro e chegava a bater com a cabeça contra a parede. Hoje ela já é adulta e alguns outros sons específicos funcionam como “gatilhos”, como ela chama.

Bhagat diz que esses gatilhos incluem sons de mastigação, dedos digitando em um teclado de laptop e a voz de seu parceiro cantando, entre outras coisas quase imperceptíveis.

Convivendo com o problema

Não existe tratamento ou cura para a misofonia. Cada pessoa encontra formas de lidar com o problema e no caso de Bhagat é a música. Ela passa a maior parte do dia ouvindo música, dessa forma os sons do ambiente que poderiam incomodá-la acabam sendo encobertos. Ela diz que protetores auriculares já não funcionam mais para ela.

Veja também:   Marte? Céu fica vermelho na Indonésia por causa de queimadas; veja

Ela diz que conversa com seus pais principalmente por mensagens de texto ou então usando linguagem de sinais. Segundo Bhagat, sua família, companheiro e amigos são bem compreensíveis com ela em relação à misofonia, o que torna sua vida um pouco menos difícil.



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com