NASA desenvolve pneus que nunca murcham e são quase indestrutíveis

0

Os engenheiros de materiais da NASA acabam de desenvolver um novo tipo de pneu para ser usado na exploração de áreas irregulares fora do planeta Terra. Eles são fabricados a partir de uma liga de níquel e titânio que permite que voltem a sua forma original quando amassados ou submetidos à pressão.

A liga é chamada “memory alloy” (“liga de memória”, em inglês) devido a suas propriedades. Além disso, o material é praticamente indestrutível sob qualquer tipo de pressão ou impacto. É um grande avanço se compararmos com as rodas usadas para locomoção na Lua, em 1969, baseadas em um sistema com outros metais além de molas de aço.

Os pneus estão sendo desenvolvidos exclusivamente para uso na exploração de outros planetas, porém, a tecnologia empregada neles pode ser utilizada na Terra. Os engenheiros de materiais da NASA também estudam outras ligas de metais, que podem ajudar a criar pneus totalmente à prova de furos.

Novas tecnologias como essas ajudam a acelerar a corrida pela exploração espacial. Embora a NASA e outras agências espaciais estatais tenham diminuído sua atuação nos últimos anos por conta de crises financeiras internacionais, milionários e outras empresas privadas têm voltado sua atenção para a exploração espacial.

Alguns especialistas acreditam que uma colonização interplanetária só será possível a partir de iniciativa privada. Outra possibilidade que atrai os olhos dos maiores investidores do mundo é a chamada mineração espacial. A ideia consiste em explorar recursos minerais como rochas, pedras preciosas, metais e outras descobertas em planetas próximos, como Marte.

Veja também:   O que acontece com o cérebro no momento da morte?

Reinventando a roda

Novas tecnologias em pneus estão em desenvolvimento em várias frentes. A fabricante francesa Michelin atualmente trabalha em uma atualização de seus produtos baseada em impressão 3D.

Dessa forma, as fibras desgastadas dos pneus poderiam ser substituídas por fibras impressas em 3D, não sendo mais necessária a substituição de todo o pneu por causa de um dano em local específico.



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com