O que é Ursal, termo citado em debate presidencial que virou meme

0

Se você está antenado com o que está acontecendo nos últimos dias, deve ter notado a constante presença do termo Ursal, que foi citado no primeiro debate presidencial de 2018 pelo candidato Cabo Daciolo, do partido Patriotas.

Caso você não seja tão antenado assim com política e está um pouco perdido com relação ao assunto, confira uma explicação abaixo.

Foro de São Paulo

Antes de explicarmos o que é a Ursal, é importante falar a respeito do Foro de São Paulo, que seria o responsável pela origem ao termo.

Esse evento se tratou de uma conferência organizada por partidos políticos e organizações de esquerda, a partir de um seminário promovido pelo PT em 1990. Ela recebeu esse nome justamente por ter sido promovida pela primeira vez na cidade de São Paulo.

O grande objetivo do Foro de São Paulo era discutir alternativas às políticas da região que eram predominantes durante o início da década de 90, além de tentar promover uma integração entre todos os países da América Latina e discutir os embargos dos Estados Unidos contra Cuba.

O Foro de São Paulo, desde então, só cresceu e promove encontros entre os seus membros todos os anos. No momento, a organização é composta por 111 partidos políticos e organizações de esquerda de toda a América Latina.

A Ursal

Ursal é um termo utilizado como acrônimo para União das Repúblicas Socialistas da América Latina, que teria sido idealizada justamente na primeira reunião do Foro de São Paulo. Na época, o ex-secretário de assuntos internacionais da Presidência da República, Marco Aurélio Garcia, chegou a afirmar que o grande objetivo da organização seria “criar na América Latina o que foi perdido no Leste Europeu.”

O conceito seria inspirado na ideia da Pátria Grande, idealizada por Simón Bolivar e outros líderes envolvidos com a independência dos demais países da América Latina. Eles acreditavam que a América Latina só seria forte perante os demais países do mundo se todas as nações do continente se unissem em uma só, de forma semelhante com o que aconteceu na União Soviética.

Simón Bolivar até chegou a convocar o chamado Congresso do Panamá, em 1826, para discutir essa questão. No entanto, o encontro foi um fracasso, já que poucos representantes latino americanos compareceram. Nem mesmo o próprio Bolivar apareceu, já que atuava com interventor no Peru nessa época.

Apesar da ideia já ter sido citada anteriormente, o acrônimo Ursal só surgiu em dezembro de 2001, em um artigo publicado pela professora e socióloga Maria Lúcia Victor Barbosa, da Universidade Estadual de Londrina. Mas no fundo, ele tinha outro intuito, que você confere mais abaixo.

A fama e o meme

Conforme dito na introdução e muitos por aí já devem saber, o termo Ursal ficou famoso na última quinta-feira, durante o 1º debate presidencial das eleições de 2018, promovido pela Bandeirantes. Tudo começou quando o Cabo Daciolo decidiu fazer um questionamento ao candidato Ciro Gomes, do PDT.

“O senhor é um dos fundadores do Foro de São Paulo. O que pode falar sobre o plano Ursal? Tem algo a dizer para a nação brasileira?”

Enquanto escutava a pergunta do candidato, Ciro Gomes se mostrou surpreso com o questionamento. E logo tratou de afirmar que desconhecia tal plano e que não estava entre os fundadores do Foro de São Paulo, levando tudo com uma certa dose de humor. Confira no vídeo abaixo.

Mas bastou Cabo Daciolo citar a Ursal para gerar uma avalanche de memes com relação ao então relativamente desconhecido acrônimo. Por exemplo, no Twitter, o termo permaneceu nos trending topics do serviço de microblogging por mais de 24 horas. Enquanto isso, diversas páginas surgiram no Facebook, e muitas delas incluíam a presença dos personagens do seriado infantil Ursinhos Carinhosos, por conta da semelhança do termo com urso.

Ironia e deboche

No entanto, apesar de toda a fama repentina que o termo Ursal ganhou nos últimos dias, a própria criadora já tratou de logo desmentir seu intuito.

Maria Lúcia Victor Barbosa já afirmou que a Ursal era nada mais que uma ironia e crítica a um encontro do Foro de São Paulo que foi realizado em 2001, em Havana, capital de Cuba.

O artigo, intitulado “Os Companheiros”, criticava uma fala do ex-presidente Lula, que afirmou, na época, que a Área de Livre Comércio das Américas (Alca) seria um projeto de anexação dos Estados Unidos e uma séria ameaça à integração dos países latino americanos.

Ao questionar o que seria essa integração, a ex-docente disse que o resultado dela resultaria na “União das Republiquetas Socialistas da América Latina”, mostrando o claro tom de deboche a respeito do que foi dito por Lula.

Barbosa disse que recebeu diversas ligações na época, em que era questionada a respeito da Ursal e se ela realmente existia. No entanto, continua garantido que tudo não passa de uma invenção citada em seu artigo, que acabou ganhando grandes ares após ser mencionada pelo Cabo Daciolo na última quinta-feira.



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com