6 obras famosas que surgiram em períodos de quarentena

0

Isolamento social e quarentena se tornaram palavras comuns em nosso vocabulário por conta da atual pandemia do coronavírus, que forçou boa parte do planeta a ficar dentro de casa como forma de se proteger. Pode parecer chato, mas saiba que no passado, artistas, inventores e cientistas aproveitaram muito bem esse período.

Sabemos que epidemias e pandemias também ocorreram no passado, especialmente em tempos mais remotos, e foi justamente nesses períodos que importantes trabalhos dessas pessoas brilhantes surgiram.

Assim, confira abaixo 6 trabalhos famosos que surgiram em períodos de quarentena. As informações são do site Listverse

6) Eugene Onegin, de Alexandre Pushkin

Para quem não sabe, Alexandre Pushkin seria o William Shakespeare da Rússia e ficou conhecido no país pelos poemas e livros que escreveu.

Uma de suas obras mais famosas é Eugene Onegin, livro escrito em 1832 que aborda a vida de um aristocrata que vive na cidade de São Petesburgo. Após se cansar da vida boemia do local, decide se mudar para a fazenda de seu tio.

O que poucos sabem é que isso também aconteceu com Pushkin. No outono de 1830, um surto de cólera fez o escritor e poeta deixar Moscou e passar algum tempo na fazenda da família. Foi nesta época que terminou de escrever Eugene Onegin e outras obras famosas.

5) Alexandre, o Falso Profeta, de Luciano de Samósata

Luciano de Samósata foi um famoso escritor romano que nasceu no ano de 120. Uma de suas obras mais famosas foi Alexandre, o Falso Profeta, livro que escreveu para desmistificar o místico e oráculo de origem grega conhecido como Alexandre de Abonútico.

O escritor escreveu a obra durante a época em que famosa cidade foi afetada pela Peste Antonina, que matou milhares de pessoas. Ele quis desmistificar Alexandre pelo simples fato de o místico ter dito que sabia curar doenças.

4) Algumas obras de Anton Tchekov

Outro escritor russo muito famoso é Anton Tchekov, que viveu no final do século 19 e início do século 20. Suas principais obras foram escritas entre 1892 e 1899.

Coincidentemente, foi nesta época que Moscou foi afetada por um surto de cólera, que também fez parte da população passar fome. Tchekov ficou isolado em sua casa, onde escreveu suas obras.

Como também era médico, Tchekov aproveitou esse período para ajudar as pessoas mais necessitadas.

3) O Decamerão, de Giovanni Boccaccio

Para muitos, O Decamerão é obra mais famosa que explora as consequências de uma pandemia. Sua história retrata 10 jovens aristocratas que fugiram de Florença para o interior como forma de se salvarem da famosa Peste Negra. Lá, começaram a contar histórias para os outros, desde as mais sombrias até aquelas bem divertidas.

Quem escreveu O Decamerão foi Giovanni Boccaccio, que conseguiu sobreviver a Peste Negra. Assim como no livro, o escritor deixou Florença e foi para o interior com o intuito de fugir da epidemia da doença.

2) Algumas obras de William Shakespeare

A carreira de William Shakespeare foi marcada por trabalhos em época de surtos e epidemias de doenças, tanto que algumas delas foram retratadas em seus trabalhos.

Muitos biógrafos especializados na vida do dramaturgo inglês afirmam que o período mais produtivo de sua vida ocorreu entre 1605 e 1606, época em que escreveu obras como Rei Lear, Macbeth e Antônio e Cleópatra.

Novamente, esse foi outro período marcado por um surto de cólera que afetou a Inglaterra. Assim, Shakespeare aproveitou a quarentena para escrever bastante.

1) As Leis de Newton de Isaac Newton

Isaac Newton foi o cientista que revolucionou a física, já que foi ele quem descobriu a gravidade e desenvolveu algumas leis da física.

Em 1665, Newton teve de abandonar os estudos na renomada Universidade de Cambridge por conta da Grande Praga de Londres. Ele teve de retornar para a casa de sua família e por lá, resolveu conduzir diversos experimentos.

Foi neste período de isolamento e quarentena que ele formulou as famosas Leis de Newton. Ele retornou à universidade com suas descobertas em 1667 e logo se tornou um estudante brilhante, se transformando em professor já em 1669.



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com