Sinais de rádio vindos de galáxia distante são detectados

0

Cientistas do Canadá detectaram sinais de rádio vindos de uma galáxia distante que podem indicar a presença de vida alienígena inteligente. Não é a primeira vez que sinais desse tipo são detectados, provavelmente vindo do mesmo lugar do universo. Ainda não se sabe a procedência deles com total certeza, o que deixa em aberto a possibilidade de que a origem seja tecnológica.

A fonte dos sinais fica a aproximadamente 1,5 bilhão de anos-luz da Terra. Foram detectados 13 pulsos rápidos de ondas de rádio, que são conhecidos pela sigla FRB. Entre eles, um em específico se destacou por ser repetitivo, de uma forma que, segundo os astrônomos, pode ser proposital. É a segunda vez que um sinal desse tipo é detectado, sendo que a primeira vez foi feita por um equipamento diferente.

Ingrid Stairs, astrofísica da Universidade de British Columbia, no Canadá, compara os sinais FRB a verdadeiros quebra-cabeças cósmicos. “Saber que há um novo indica que pode haver mais lá fora. E com mais repetições e mais fontes disponíveis para estudo, poderemos ser capazes de entender esses quebra-cabeças cósmicos – de onde vêm e quais são suas causas”, afirmou.

Até hoje, foram detectados 60 FRBs. Eles são pulsos extremamente rápidos e luminosos, emitidos em frequência de rádio. Os cientistas acreditam que milhares deles trafeguem todos os dias pelos céus.

Hipóteses

Os sinais de rádio com essa frequência ainda são um mistério para a ciência, que começou a detectá-los e estudá-los muito recentemente. O fato de alguns se repetirem em duração e frequência levanta a hipótese de que eles são emitidos por algum equipamento tecnológico, talvez até mesmo uma nave alienígena.

Veja também:   Paciente pode ser 2º no mundo a se curar da aids; saiba como

No entanto, os mais céticos trabalham com hipóteses que envolvem explosões consecutivas de estrelas de nêutrons, que girariam de forma muito rápida e forte, provocando essas ondas ou até mesmo a fusão de dois ou mais objetos como esse, o que resultaria em jatos de energia que detectamos através desses sinais de rádio.



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com