Foguete da SpaceX queima no céu e apavora moradores dos Estados Unidos

0

A madrugada desta sexta-feira (26) foi acometida por diversas luzes estranhas no céu de Seattle, mas a explicação é bem mais simples do que parece: eram destroços de um foguete que queimou em órbita.

O foguete de segundo estágio da SpaceX, Falcon 9, foi utilizado durante o lançamento do Starlink no dia 4 de março. Entretanto, ficou em órbita por 22 dias sem queimar e acabou retornando à Terra.

O caso foi registrado por diversos usuários da rede social Twitter sobre as luzes que acendiam e se formavam em uma espécie de bola de fogo no céu noturno. Dentre as especulações, houve quem acreditasse se tratar de um cometa incomum ou um meteoro.

Apesar dos registros serem mais comuns vindo da cidade de Seattle, os residentes da área de Portland também registraram o momento por meio de vídeo.

Em entrevista ao The Washington Post, uma espectadora comentou sobre a experiência e que havia notado algo diferente em relação velocidade e altura do objeto luminoso.

“Foi estranho porque meteoros disparam pelo céu tão rápido e então eles desaparecem. Mas isso era tão baixa e estava indo tão devagar. Foi realmente uma experiencia espetacular”, disse ela.

O astrônomo Jonathan McDowell, do Harvard Smithsonian Center for Astrophysics, explicou, pelo Twitter, de uma forma bem clara o que eram as queimas que assustou a cidade de Seattle.

Além disso, McDowell comentou que a aeronave deveria desacelerar e explodir sem alarde sobre o mar ao sul da Austrália, mas parece que esse processo falhou.

Conforme McDowell, o foguete da SpaceX tinha cerca de 22 pés de comprimento e um peso de cerca de 3 toneladas e foi lançado para colocar uma carga de satélites em órbitas. No entanto, após girar o globo terrestre a cerca de 17 mil mph, reentrou na atmosfera acima da superfície da Terra.



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com