7 graves acidentes ocorridos nas Olimpíadas do Brasil

0

As Olimpíadas realizadas no Brasil vão deixar boas lembranças. Em contrapartida, memórias ruins também ficarão, especialmente para os atletas que sofreram graves acidentes.

Confira, abaixo, 7 graves acidentes que aconteceram nas Olimpíadas do Rio de Janeiro:

1) Levantamento de peso

AFP_EE2G1
(Foto: AFP / Oddee.com)

Na final do levantamento de peso categoria até 77 kg masculina, o armênio Andranik Karapetyan quebrou o braço esquerdo em sua segunda tentativa da prova do arremesso, enquanto levantava 195 kg. Ele foi retirado da disputa urrando de dor. Apesar da arrepiante lesão, Karapetyan passa bem.

2) Ginástica artística masculina

05-Samir Ait Said

No primeiro dia da ginastica masculina, o atleta francês Samir Ait Said sofreu um grave acidente. O atleta de 26 anos sofreu uma fratura na perna esquerda, na aterrissagem da sua prova de salto sobre a mesa.

Said passou por uma cirurgia na noite do mesmo dia para recuperar a tíbia fraturada. Pelo visto, ele não está traumatizado: Said disse que pretende voltar ao esporte assim que se recuperar da terrível lesão.

3) Ginástica artística feminina

(Foto: Reprodução / YouTube)
(Foto: Reprodução / YouTube)

Não tão diferente da masculina, a ginastica artística feminina também é uma das principais responsáveis por cenas de quedas em torneios. Como os atletas voam nas acrobacias e sobrecarregam joelhos e tornozelos nas aterrissagens, acidentes não são tão raros. (Veja também: 5 gringos que zoaram o Brasil nas Olimpíadas e se deram mal)

Durante as classificatórias femininas, a britânica Ellie Downie deu um susto na torcida. Ela se apresentava no solo quando se acidentou. Ela já havia torcido o pé na prova de trave e, ao aterrissar de um duplo mortal para frente – uma das acrobacias mais difíceis da ginástica –, caiu de pescoço no tablado.

  10 atores de filmes icônicos que nunca mais fizeram algo 'relevante'

A atleta desistiu da prova de solo e saiu amparada por médicos, visivelmente tonta. Para o alivio de todos os presentes, ela voltou para a competição pouco tempo depois.

4) Esgrima

(Foto: Reprodução / Twitter)
(Foto: Reprodução / Twitter)

Não foram só os gringos que sofreram com lesões por aqui. Houve, ainda, o caso da brasileira Marta Baeza que fazia sua estreia na esgrima contra a polonesa Bogna Jozwiak.

Durante a disputa, Marta pisou em falso e torceu o joelho. Ela perdia por 4 a 2 e deixou o local da prova chorando, sob aplausos do público.

5) Judô feminino

(Foto: Gabi Juan / Federação Espanhola de Judô)
(Foto: Gabi Juan / Federação Espanhola de Judô)

A judoca espanhola Laura Gomez acabou quebrando o nariz enquanto lutava com Gulbadam Babamuratova, do Turcomenistão. Nem assim, ela desistiu e retornou ao tatame com uma faixa no nariz. Curiosamente, Laura Gomez venceu a luta, na categoria até 52kg. Laura acabou eliminada pela romena Andreea Chitu, na etapa seguinte.

6) Ciclismo de estrada

03-ciclismo

Imagens da ciclista holandesa Annemiek van Vkeuten rodaram o mundo. Ela sofreu uma grave queda durante uma prova de ciclismo de estrada. (Veja também: Veja 6 costumes brasileiros que assustaram os gringos nas Olimpíadas)

Annemiek van Vkeuten liderava a prova quando perdeu o controle da sua bicicleta e bateu a cabeça no chão. Ela estava a cerca de 10 km da linha de chegada. A atleta sofreu uma concussão e quebrou três costelas no acidente.

Mais tarde, a atleta postou em seu Twitter que estava bem, mas “decepcionada” depois da “melhor corrida” da sua carreira. “Saber que essa chance acontece uma vez a cada quatros não torna isso mais fácil”, disse ela.

  5 Conspirações de missões espaciais secretas

7) Tênis

(Foto: Reprodução / Twitter)
(Foto: Reprodução / Twitter)

A vitória que deixou o tenista brasileiro Thomaz Bellucci na segunda rodada da chave simples das Olimpíadas veio de uma forma um pouco triste.

Bellucci perdia o jogo por um set e enfrentava um duelo duro contra o alemão Dustin Brown. Durante o segundo set, o jogador adversário torceu o pé sozinho e caiu no chão, enquanto se contorcia de dor. Após muitas lágrimas, Brown acabou sendo reconfortado pela torcida brasileira, que aplaudiu de pé a sua saída de quadra.

Confira este artigo na edição em vídeo:

Texto originalmente feito por Renan Ralts para o canal Acredite ou Não, no YouTube. Edição textual por Igor Miranda.



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com