9 brincadeiras que acabaram em morte

1
página 2 de 2

Continue a ver o restante do artigo:

6) Ataque cardíaco em serviço

Falando em brincadeiras inofensivas, um grupo de cinco estudantes invadiu o colégio pra roubar o carro de golfe pra passear pelo campus de madrugada. Eles foram pegos no flagra e perseguidos a pé pelo sargento Daniel Paul Figgins, que sofreu um ataque cardíaco e morreu depois que chegou no hospital.

7) Cuecão assassino

Quem nunca puxou a cueca de um amigo? Nada de estranho certo? Certo, exceto quando Brad Lee Davis, de 33 anos, discutiu com seu padrasto, Denver St. Clair, de 58 anos, os dois brigaram e Davis puxou a cueca do outro homem até prendê-la em seu rosto, que torceu o pescoço do senhor e o asfixiou. Davis alego autodefesa, mas acabou sentenciado por 30 anos na cadeia.

8) Policial ensandecido

viatura

Numa outra fatalidade envolvendo roupas íntimas, um grupo de adolescentes achou que seria engraçado jogar suas cuecas molhadas numa viatura da polícia depois de um mergulho noturno. Infelizmente, o policial perdeu a cabeça, perseguiu os garotos e usou seu spray de pimenta, cassetete e deu dois disparos em Timonthy Hill, que faleceu pelos ferimentos.

9) Trote humilhante

Em 2012, a gravidez da duquesa Kate Middleton foi um espetáculo internacional e dois apresentadores de rádio australianos, Mel Greig e Mike Christian, ligaram pro hospital enquanto Kate estava internada e fingiram ser a Rainha da Inglaterra pra conseguir informações. A enfermeira que os atendeu, Jacintha Saldanha, se sentiu tão humilhada por ter caído na brincadeira, que se enforcou dentro do hospital.

  10 coincidências bizarras que marcaram a morte de algumas celebridades
Fonte: http://www.grunge.com/23488/pranks-gone-wrong-accidentally-killed-people/
página 2 de 2



Discussão1 Comentário

Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com