Baleia Azul: o jogo que está fazendo jovens cometerem suicídio na Rússia

0

As autoridades russas estão ficando bastante preocupadas com um jogo, chamado de Blue Whale (Baleia Azul, em tradução literal), que está se disseminando nas mídias sociais do país e está chegando a outras localidades. Há relatos de que muitos adolescentes estão cometendo suicídio por conta dele.

O que é esse jogo suicida?

As autoridades acreditam que o Baleia Azul foi criado por um grupo, que o disseminou nas mídias sociais e encoraja seus participantes a cometerem suicídio.

Acredita-se que exista um administrador desse grupo, que dá diversas tarefas para os participantes completarem em um prazo de 50 dias. Essas atividades incluem automutilação, assistir filmes de terror e acordar em horários pouco comuns. Com o passar dos dias, elas vão ficando cada vez mais extremas.

baleiaazul1
Fonte: The Siberian Times

Até que no 50º dia, os responsáveis pelo jogo instruem os jovens a cometerem suicídio.

Quantas mortes estão ligadas ao jogo?

O jornal investigativo Novaya Gazeta reporta que contou aproximadamente 130 suicídios de adolescentes, que aconteceram entre novembro de 2015 e abril de 2016. “A maior parte desses jovens são membros dos mesmos grupos de internet e viviam em famílias tranquilas e felizes”, disse a publicação.

Yulia Konstantinova, de 15 anos, e Veronika Volkova, de 16, pularam juntas de um prédio de 14 andares, provavelmente motivadas pelo jogo. Dois dias antes, uma jovem de 14 anos, da cidade de Chita, se jogou na frente de um trem.

Já um garoto de 13 anos, da cidade de Lviv, na Ucrânia, conseguiu ser salvo, após ter sido encontrado rondando o teto de um prédio.

Veja também:   Kuru: saiba o que é a misteriosa doença dos canibais

No caso de Yulia, ela chegou a postar a foto de uma enorme baleia azul em seu Instagram, junto de uma mensagem que apenas dizia “fim.”

baleiaazul2
Fonte: The Siberian Times

Como a polícia está investigando esse caso?

A polícia russa já lançou uma investigação para entender mais sobre o jogo e por que ele estimula jovens a cometerem suicídio.

Os oficiais prenderam dois jovens por terem filmado o trágico suicídio duplo de Yulia e Veronika, o que fez o Cômite Investigativo Russo abrir uma investigação sobre “incitamento ao suicídio”, a respeito da morte das amigas.

Na cidade de Krasnoyarsk, as autoridades locais abriram recentemente três casos de incitamento ao suicídio, que envolvia grupos de estudantes adolescentes nas mídias sociais. Em todos eles, as jovens foram impedidas de se matarem.

O diretor de uma escola da cidade disse à polícia que recebeu uma ligação anônima, que dizia que uma estudante se juntou a um “grupo da morte” e que planejava se matar em breve. A jovem foi identificada pelos policiais, e explicou que se juntou a um “jogo”, no qual tinha de cumprir certas tarefas dadas pelo administrador.

Ela ainda afirma que não conseguiu cumprir algumas das tarefas, como a automutilação, mas acredita que outros membros conseguiram.

Ano passado, um jovem de 21 anos, chamado Philipp Budeikin, foi preso pela polícia. Ele é acusado de ser um dos chefes por trás do jogo, já que ele foi responsável por organizar oito grupos, entre 2013 e 2016, nos quais ele promovia o suicídio.

Veja também:   Afinal, qual é a identidade real de Jack, o Estripador?

Acredita-se que 15 adolescentes cometeram suicídio seguindo suas ordens, enquanto que outros cinco conseguiram ser salvos de última hora, de acordo com as acusações feitas contra Budeikin.

Fonte: The Sun

Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com