Buraco negro se alimentando de estrela foi avistado

0

Supernova mais brilhante do universo foi avistada, e, pode ser um buraco negro se alimentando de uma estrela.

buraco-negro

No início desse ano, um flash foi avistado no céu. Os cientistas observaram que se tratava da supernova mais brilhante já avistada, dezenas de vezes mais brilhante que nossa via láctea. E o que eles descobriram é que, na verdade, essa supernova pode ser um buraco negro supermassivo consumindo uma estrela que se desviou próximo a ele.

A ASAS-SN, uma rede de pequenos telescópios que fica no Havaí e no Chile, monitora o céu para uma rápida mudança de objetos. E detectaram o flash pela primeira vez em 2015. Cientistas afirmaram que se tratava de uma Supernova Superluminosa (SLSN). Que ocorre quando uma estrela colapsa com sua própria gravidade, no final da sua vida. Ao acontecer esse processo, uma bola de fogo de poeira quente e gás é expelida, que brilha intensamente por pouco tempo, até desaparecer completamente. Na época do acontecimento, o evento foi duas vezes mais brilhante que o recorde anterior.

O evento foi denominado como ASASSN-15Ih. Porém, ele estava no tipo errado de galáxia para uma Superluminosa. O certo é, uma galáxia ainda jovem e anã cheia de poeira e gás, onde, estrelas enormes se formam muito rápido e queimam rapidamente até explodir em uma enorme chama. Denominada Supernova. O problema é que ASASSN-15Ih aconteceu em uma galáxia antiga, e foi queimada com pouca evidência de formação de estrelas. “No minuto em que me falaram sobre esse evento, eu achei suspeito. Simplesmente não parecia certo”, disse Giorgos Leloudas. Astrônomo do Instituto de Ciência Weizmann, em Rehovot, Israel, que não fazia parte da equipe original.

  Conspiracionista diz que planeta se chocará com a Terra após eclipse solar do dia 21

Reunião de estudos…

Leloudas e seus colegas reuniram dados do satélite Swift de raios gama, do Observatório mundial de redes de Las Cumbres, do Telescópio Espacial Hubble, do Very Large Telescope, no Sul da França, e do New Technology Telescope. Esses dois últimos possuem bases situadas no Chile. Dados extraídos do Hubble mostraram que a origem do flash foi próxima ao centro de sua galáxia. Enquanto que a formação de estrelas rápidas, que produz SLSNs, geralmente acontece mais longe. Além disso, ao contrário de uma SLSN normal, ASASSN-15Ih parecia desvanecer-se antes de chegar novamente mais brilhante, algumas semanas mais tarde. O que indica que u maumento de temperatura é mantido por 100 dias, disse Leloudas. O raio ultravioleta que foi gravado pelo Hubble, sugeriu uma estrela de baixa massa ainda no auge da vida. E não no seu leito de morte.

Com os relatórios da equipe dia 12/12 (segunda-feira) na Nature Astronomy, todos esses sinais apontam para a ideia de que ASASSN-15Ih, é de fato, uma estrela morrendo. E está muito perto de um enorme buraco negro no centro de sua galáxia. E foi rasgado a partir do campo gravitacional externo, sendo assim chamado de Tidal Disruption Event (TDE). TDEs são muito raros, atualmente, os astrônomos estudam apenas cerca de 10 deles. Leloudas disse que que as mudanças de saída do ASASSN- 15Ih sugeriram uma TDE. O flash inicial da gravidade rasgando a estrela ainda distante, e aquecendo seus rastros em alta temperaturas. Então veio a explosão após esses rastros serem aquecidos novamente, que foram adicionados à superfície do buraco negro.

  Por que artistas como Adele continuam a ter problemas com suas vozes?

Conclusão final

“Este fenômeno inteiro de eventos nos dá uma oportunidade única para aprender sobre buracos negros supermassivos durante sua fase de repouso. ” Diz o astrônomo Benny Trakhtenbrot do Instituto Federal Suíço de Tecnologia, em Zurique, que não esteve envolvido no estudo. Se você pode determinar o quão perto a estrela pode passar do buraco negro, Benny diz que “pode nos dizer diretamente o quão rápido o buraco negro está girando. ” E a rotação pode revelar algo na história da formação dos buracos negros de outra forma inescrutável, diz ele.

 

FONTE



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com