Cientistas descobrem evidências de universos paralelos

28

Um cosmólogo da Caltech anunciou recentemente que ele encontrou evidências de universos paralelos. Caso seja real, isso significa que o nosso universo é apenas um entre dos muitos outros, que co-existem um ao lado do outro.

A ideia de que o nosso universo poderia ser um pequeno componente dentro de um vasto conjunto e que, juntos, formem um “multiverso”, tem sido tratada pelos físicos como intrigante. Mas, por enquanto, tem permanecido como teoria, sem possibilidades de testes. O que existem até o momento são apenas evidências.

multiverso

Devido às dificuldades de comprovar essa teoria, muitos cientistas continuam cautelosos. Alguns anos atrás, um grupo de estudiosos declarou ter encontrado evidencias de que o universo poderia ser parte de uma “bolha de sabão”.

Ranga-Ram Chary, cosmólogo da Caltech, foi o responsável por supostamente encontrar evidências de um universo paralelo. Em um novo estudo, publicado no Astrophysical Journal, Chary sugere a existência de “colisões cósmicas”, um universo esbarrando em outro universo. Isso poderia explicar uma anomalia que ele encontrou no mapa da Radiação Cósmica de Fundo.

Mapa da Radiação Cósmica de Fundo produzido por dados do Observatório Espacial Planck.
Mapa da Radiação Cósmica de Fundo produzido por dados do Observatório Espacial Planck.

Com dados do telescópio Planck da Agência Espacial Europeia, Chary desenvolveu um mapa de Radiação Cósmica de Fundo. Enquanto ele comparava com o mapa noturno do céu, ele encontrou uma inexplicável bolha de luz brilhante.

A Radiação Cósmica de Fundo apresenta antigas explosões de luz, que revelam assinaturas de radiação do universo que só podem ser vistas alguns milhares de anos depois do Big Bang. Esta antiga luz é o resultado de uma recombinação, quando os primeiros elétrons e prótons se uniram para criar o hidrogênio.

  NASA detecta maior erupção solar dos últimos 12 anos

Como o hidrogênio emite uma gama limitada de luz visível, os astrônomos sabem que cores estas antigas bolhas devem ter e quais não devem ter. Durante sua pesquisa, Chary notou uma pigmentação que não deveria estar no mapa. Em sua descoberta, ele argumenta que a teoria do multiverso poderia explicar o fenômeno.

Nosso universo pode ser simplesmente uma região dentro de uma super-região de Inflação Eterna.

Alan Guth, pesquisador do Massachusetts Institute of Technology (MIT) e um dos responsáveis pela Teoria da Inflação, diz que a maioria das versões de Inflação, na verdade, levam a uma Inflação Eterna, produzindo uma série de pequenos universos.

Ranga-Ram Chary está ciente do quão difícil é provar esta complexa teoria – e ele sabe que suas ideias vão enfrentar um forte ceticismo por parte da comunidade cientifica.

Reivindicações incomuns como evidência para universos alternativos requerem um alto ônus de prova.

fonte: locklip



Discussão28 Comentários

      • buracos negros, segundo algumas explicações que eu vi na internet, são buracos bem, mais bem fundos no tecido gravitacional, ou seja é quase impossível algum ser vivo chega ao final do buraco negro, se nem a estrelas que possuem uma grande radioatividade e massa 3 bilhões maiores do que o sol não conseguem escapar, imagine um ser humano, não se sabe oque existe dentro do buraco negro e oque passa por la, mais pode ser uma grande possibilidade de ele ser uma passagem para universos paralelos ou dimensões da teoria das cordas

        • Não existe “BURACO” em um Buraco Negro! é um corpo celeste com gravidade absurda que nem mesmo a luz escapa! Por isso são negros!

      • Sim , pois buracos negros ou buracos de minhoca eles dobram o tempo eo espaço ocasionando a uma deslocação mais rápida entre o universo , não só ir para outros planetas então e aí que chegamos a questão nós podemos voltar para o mesmo lugar só que tanto no passado quanto no futuro.Os buracos negros são uma ótima forma de descobrir a máquina do tempo.

      • Luiz Silvio da Silva, na verdade mesmo que for não seria possivel entrar nele porque de acordo com algumas teorias Materia e anti-materia criam o buraco negro, e se for verdade o buraco negro ainda vai ter anti-materia e se alguem ou algo do nosso universo entrar só criaria um outro buraco negro…
        Obviamente não existe 100% de certeza sobre essa teoria mas na minha opinião é muito provavel que isso aconteça.

    • Diêgo Lopez

      Olá Joel! A fonte está no rodapé da matéria, mas caso queira saber mais a fundo, deixei algumas marcações no texto que levam a artigos referentes ao tema, como a Radiação Cósmica de Fundo e a Inflação Eterna. O cientista por trás da descoberta (Ranga-Ram Chary) também é um ótimo nome a se buscar, ele tem estado bastante em evidência nos últimos meses por conta disso. O texto é algo bem resumido com as partes chave, pois se postássemos todo o artigo do Paper ficaria muito complexo e bem técnico.

  1. Túlio Barbosa Pereira

    Já pensaram que se existir outros universos paralelos, com certeza eles já podem ter descoberto uma maneira de sair de um universo para outro, coisa que aqui em nosso ainda não conseguiriam. Então, a qualquer momento pode ser que uma espécie de portal se abre no céu servindo de passagem para outro universo, já que existem outros universos. Não sabemos o que acontece em outro universo, então podemos ser pegos de surpresa a qualquer momento, antes que nossos cientistas descobrem algo e surpreendam os seres de lá,

  2. Basta pensar em outra galáxia ou sistema solar… matemáticamente é super provável afinal Não existe apenas um sistema solar, meio que à teoria do espelho

  3. Hum essa hipótese está baseada em acima de outra hipóteses (teoria do big bang), sem contar a chance que a mudança nas leituras da radiação cósmica podem acabar sendo originárias de outra anomalia.

  4. Se nosso universo fosse apenas um membro aleatório de um conjunto mundo de universos, seria inconcebivelmente mais provável que deveríamos estar observando uma região ordenada não maior do que nosso sistema solar. Universos observáveis como aqueles são simplesmente muito mais abundantes no conjunto mundo do que mundos dotados de ajuste fino, como o nosso, e, portanto, deveriam ser observados por nós. Uma vez que não temos tais observações, esse fato fortemente invalida a hipótese de multiverso.

  5. Realmente existe outros universos, e eu vim de lá através do buraco negro, minha nave caiu aqui no Brasil, Salvador Bahia…
    Vim dos planetas dos macacos, sou pai da Bahia

  6. O conceito de universos paralelos não significa que tenham exclusivamente de serem cópias uns dos outros!
    Isso seria um desperdício existencial ilógico.
    A observação milenar da natureza nos mostra que a tendência é a diversidade e a interação de tudo que existe.

  7. Pelo que li de outras fontes, a responsável por essa interpretação e previsão de que haveria um ponto no universo observável extremamente frio, representando uma anomalia no padrão até então e, por consequência, a possibilidade “choque” entre dois universos, foi Laura Mersini-Houghton.

  8. Se existem vários universos, talvez cada um tenha se desenvolvido de maneira unica. Existindo assim uma enorme diversidade entre os universos.

  9. Esse assunto é bem curioso e intrigante. É possível viajar muito nessas hipóteses. Confirmar que existem universos paralelos é uma coisa, fazer a transição entre um e outro seria além da imaginação. Temos limitações enormes até mesmo para levar até mesmo um grupo de astronautas para Marte. Imagine o quão infinitamente distantes estaríamos de “chegar” até esses outros universos.

    Imaginem que loucura que seria. Se há outros universos paralelos isso significa que possa haver uma cópia exata de mim vivendo uma vida diferente em outro planeta semelhante a Terra. Ou quem sabe existam planetas Terras idênticos ao nosso mas com pequenas mudanças. Quem sabe uma Terra onde Hitler venceu a Segunda Guerra, ou uma Terra onde os Soviéticos venceram a corrida espacial, e por aí vai.

    Seria loucura uma pessoa fazer uma transição entre esses mundos, se isso fosse possível. Ela ficaria perdida sem saber de onde veio ou para onde vai. As outras pessoas estariam vivendo a realidade do ponto de vista delas, um visitante é quem estaria vindo de uma realidade paralela. Mas isto nos remete a outro ponto: se essa transição realmente fosse possível já teríamos aqui visitantes de outras realidades.

    E o choque que seria duas pessoas idênticas se encontrando? Uma conhecendo a história da outra. Talvez vendo como a vida de sua cópia evoluiu ao tomar decisões diferentes.

    O que seria da humanidade se tivesse esse poder em mãos? Creio que nunca mais seria a mesma. Acho que para nosso próprio bem seria melhor que a verdade sobre os universos paralelos continue um mistério.

  10. Bom, um buraco negro pode ser sim um tipo de “porta” ou “portal” para os outros infinitos de universos no vaco do espaço. Um tipo de “Universo Paralelo” no qual pode se entrar dentro de um buraco negro pra confirmar. Mas é provável que não seja possível. Pois sabemos claramente que o buraco negro é um tipo de uma coisa “negra” ou “escura” que tem uma gravidade enorme e se nem a luz e as estrelas conseguem escapar, imaginem um humano! Sabemos que a chegar 1100km de um buraco negro, já seriamos despedaçados ou iriamos explodir, já que nossos corpos não tem um tipo de “órgão”ou “sistema” que seriam capaz de aguentar a pressão da gravidade absurda de um buraco negro. Mas também é provável, que, não só no buraco negro, mas pode existir outro tipo de “portal” para os outros infinitos universos pararelos, localizados em algum setor da Área 51.

Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com