Idosa de 95 anos sobrevive ao coronavírus e se torna símbolo de esperança na Itália

0

A Itália tem vivido dias difíceis recentemente: o país é o mais afetado pela pandemia do coronavírus na Europa e já é o que mais contabiliza mortes em todo o planeta, ultrapassando até mesmo a China, berço do problema. No entanto, uma senhorinha de 95 anos se tornou um símbolo de esperança em uma da nações mais famosas do planeta.

Alma Clara Corsini também não escapou ilesa da pandemia e foi hospitalizada no dia 5 de março na província de Modena, que fica no norte da Itália, região mais afetada pelo problema no país.

Por estar no chamado grupo de risco e ter uma idade avançada, muitos imaginariam que Alma Corsini não conseguiria escapar com vida. Mas contrariando as expectativas, ela conseguiu se curar e já está a caminho da casa de repouso em que vive, de acordo com o jornal La Gazzetta di Modena.

“Sim, estou bem. São pessoas boas que me trataram bem e já estão me mandando para casa”, afirmou Corsini.

Ainda de acordo com o jornal, a idosa conseguiu se recuperar sem o uso da terapia “anti-viral”, bastante utilizada para ajudar no tratamento da Covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus.

Desde que a notícia foi divulgada, a imagem de Alma Corsini com o corpo médico que a tratou no Hospital Pavullo viralizou na internet e está sendo utilizada como um símbolo de esperança para o país a superar o problema.

E assim os cidadãos italianos aguardam dias melhores pela frente. Até o momento, a Itália contabiliza 74 mil infectados e pouco mais de 7 mil mortes causadas pelo coronavírus.



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com