Estrela gigante que pisca é detectada perto do centro da galáxia; entenda

0

Na região central de nossa galáxia, um objeto tem chamado a atenção dos cientistas. Trata-se de uma possível estrela grande e que pisca de forma muito lenta, tendo desparecido por meses antes de reaparecer pela última vez.

Ela fica localizada a 25 mil anos-luz da Terra e, de acordo com os astrônomos, pode pertencer a uma nova classe de estrelas, que estão sendo analisadas.

Nomeada com o estranho código VVV-WIT-08, a estrela tem chamado a atenção entre vários objetos da galáxia por conta não só de seu tamanho, que seria centenas de vezes maior do que o nosso Sol, como também pelo estranho “piscar” observado.

Outros objetos já apresentaram comportamento similar, mas nenhum com tanta intensidade, como se tivesse realmente sido apagado para reaparecer.

O grande mistério em estrelas como essa fica com a razão do “piscar”. Na grande maioria das vezes, isso acontece por conta de outro objeto – planeta, estrela, ou nuvem de poeira – que orbita a estrela e acaba passando entre ela e o nosso ponto de observação, dando a impressão de que a luz se apagou, apenas para voltar ao normal algum tempo depois.

No caso da VVV-WIT-08, acredita-se que o culpado seja um planeta ou estrela, coberto por uma grossa camada de poeira em forma de disco, capaz de tornar a luz que chega até nós totalmente opaca enquanto passa na frente da estrela.

Novos sistemas

Essa não é a primeira estrela observada a possuir um disco de poeira que a eclipsa periodicamente, no entanto, sabe-se muito pouco a respeito da interação desses dois objetos em sistemas como esses.

Eles parecem ser mais comuns do que se imagina, já que o mesmo efeito foi observado recentemente em outras estrelas, possivelmente tendo a mesma causa.

Dado que ela se encontra próxima do centro da galáxia, é necessário que os dois corpos – a estrela e o disco de poeira – estejam, ligados gravitacionalmente.

Se não, com a alta densidade de corpos celestes nessa região da galáxia, os dois objetos seriam frequentemente puxados para outros lugares, sem interagir tanto entre si, como parece ser o caso.



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com