Humanos podem ter hibernado como os ursos, sugere estudo

0

Hibernar é o ato de dormir e desligar algumas funções do corpo durante um longo tempo para salvar energia. Um estudo sugere que humanos já fizeram isso, assim como ursos e outros animais fazem até hoje.

Nos dias atuais, é impossível para uma pessoa fazer isso, mas ossos antigos encontrados na Espanha mostram que a prática pode ter sido comum em algum momento da nossa história.

Os ossos, encontrados no norte da Espanha, pertenceram a neandertais ou até mesmo antepassados deles, com mais de 400 mil anos.

Eles foram submetidos a exames na Universidade Demócrito da Trácia, na Grécia, e foram constatadas lesões e outras marcas que são muito semelhantes às encontradas em ossos de animais que hibernam.

Outro traço importante desses ossos humanos é a falta de vitamina D, que é adquirida durante exposição ao Sol.

Isso mostra que esses antigos hominídeos passavam longos períodos vivendo em lugares escuros, como as cavernas onde os fósseis foram encontrados.

Portanto, é possível cogitar que esses seres passavam por um processo de hibernação no inverno.

Ainda não há evidências suficientes para provar que humanos hibernavam, mas o estudo parece apontar nessa direção.

Outros primatas são conhecidos por hibernarem até hoje, assim como diversos mamíferos, que incluem não só os ursos, mas também animais como esquilos, morcegos e até hamsters domésticos, que muitas vezes são dados como mortos, mas estão apenas conservando energia.

Para que serve?

A hibernação serve para que o organismo do indivíduo economize energia em época de escassez de calor e alimentos.

Não é raro que os que possuem esse hábito acabem ingerindo uma grande quantidade de comida antes de dormirem, para que o corpo tenha uma espécie de reserva.

O sono dura semanas ou até meses e os animais costumam escolher locais protegidos, como cavernas e grutas, para descansarem.

Uma das principais contestações a hibernação humana é o fato de que povos que vivem em locais extremamente frios, como o Polo Norte, não terem registro da prática em sua ancestralidade.

Acontece que apesar do frio e pouco Sol, esquimós e outros povos baseiam sua alimentação em peixes e carnes gordurosas e não costumam ter escassez de comida.

O mesmo parece não acontecer em relação aos indivíduos encontrados na Espanha.



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com