Índia tem onda de ‘pseudociência’ apoiada por políticos; entenda

0

Atualmente, a Índia vive uma onda de pseudociência, com pesquisadores negando teorias de nomes como Albert Einstein e Isaac Newton, tudo isso com o apoio de políticos de viés nacionalista, que visam enaltecer as descobertas científicas feitas no país, mesmo que para isso tenha que espalhar e concordar com informações que simplesmente não são verdadeiras.

Algumas das informações mais absurdas foram amplamente divulgadas no último Congresso Científico Indiano, citadas por reitores de renomadas universidades do país. Entre as maiores “pérolas” está o “fato” de que as pesquisas com células-tronco foram inventadas pelos antigos hindus há milhares de anos, algo que poderia ser facilmente provado com a leitura de antigos textos sânscritos.

Já o pesquisador KJ Krishnan, da Universidade do Estado de Tamil Nadu, na região sul do país, afirmou categoricamente que Albert Einstein e Isaac Newton estavam errados. Segundo ele, os incontestáveis cientistas “não conseguiram entender as forças gravitacionais repulsivas” e criaram teorias que chamou de “enganosas”. Ele sugeriu que as ondas gravitacionais passassem a ser chamadas de “Ondas de Narendra Modi”, em homenagem ao primeiro-ministro indiano.

Felizmente, a Associação Indiana de Congressos Científicos se posicionou contra tais declarações feitas durante o último congresso. “Há uma séria preocupação com esse tipo de declaração por parte de pessoas responsáveis”, afirmou Premendu P. Mathur, secretário-geral da Associação.

Nacionalismo pseudocientífico

A Índia é um conhecido celeiro de brilhantes cientistas, mas nos últimos anos, especialmente após a chegada do partido BJP, do primeiro-ministro Narendra Modi ao poder, a pseudociência tem ganhado destaque, com declarações duvidosas partindo não só de pesquisadores, mas endossadas por políticos.

Veja também:   Entenda por que a Catedral de Notre Dame em Paris é tão importante

Um exemplo disso foi uma declaração feita em 2014 pelo próprio primeiro-ministro Modi, que afirmou que a cirurgia estética já existia na Índia há milhares de anos, citando como exemplo a lenda do deus Ganesha, que teve a cabeça de um elefante implantada em seu corpo.

O ministro da educação, Satyapal Singh, também chegou a afirmar que os aviões foram inventados pelos antigos hindus, milênios antes de Santos Dumont ou dos irmãos Wright, com aeronaves sendo descritas no texto épico Ramayana.



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com