Não, as batatas fritas do McDonald’s não são a cura pra calvície; entenda

0

Durante esta semana, foi divulgada a notícia de que pesquisadores japoneses descobriram que um componente químico das batatas fritas do McDonald’s ajudaria a evitar a calvíce. Mas apesar de todo o alarde feito nas redes sociais, saiba que, no fundo, isso não é exatamente verdade.

Os pesquisadores da Universidade Nacional de Yokohama publicaram esse estudo no jornal Biomaterials, no qual afirmam que esse componente químico das batatas fritas estimularia os folículos pilosos (capilares) e resultaria no crescimento de cabelos saudáveis.

Outras pessoas, que não tinham relação com essa pesquisa, afirmaram que esse componente químico é provavelmente encontrado no óleo que o McDonald’s usa para fritar suas batatas (que também é encontrado em esmaltes e protetores solares).

Só que existem alguns pontos que explicam por que um dos objetos de desejo do cardápio do McDonald’s não faria esse milagre, por conta de algumas “falhas” no estudo. Primeiramente, os cientistas não chegaram a mencionar, exatamente, as batatas em seu estudo.

Além disso, esse componente químico, chamado dimetil polissiloxano, foi colocado no fundo de placas de petri, com a adição de células-tronco, e os pesquisadores conseguiram fazem 5 mil folículos pilosos crescerem. É número surpreendente, mas vale lembrar que uma cabeça humana chega a ser coberta por 100 mil folículos.

E também é interessante notar que os pesquisadores transplantaram esses folículos nas costas de ratos, que cresceram normalmente. Por mais que seja algo animador, o que funciona em roedores não tem que ter, necessariamente, sucesso em nós, seres humanos.

Veja também:   O que aconteceria se um drone batesse na asa de um avião?

Mas, quem sabe, pode ser que pesquisa esteja realmente falando a verdade. Junji Fukuda, principal autor do estudo, acredita que testes podem começar a ser realizados em humanos em cinco anos, e que se tudo der certo, um tratamento contra a calvíce pode estar disponível daqui a uma década.

Mas enquanto isso, é melhor não se animar muito e apenas saborear as batatas fritas do McDonald’s como se nada tivesse acontecido.

Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com