NASA admite que precisa de ajuda para lidar com ‘cocô espacial’

0

Ir ao banheiro no espaço não é uma tarefa fácil. Você fica alojado em lugares muito apertados, há pouca ou nenhuma gravidade e uma vez que você termina de fazer o “número 2”, ele precisa ser armazenado.

Agora imagine uma situação de emergência, onde os astronautas precisarão ficar presos em seus trajes espaciais por dias. Esta é uma situação sombria que a NASA tem pensado muito ultimamente, com sua missão com destino a Marte, a agência espacial voltou-se para o público afim de obter uma ajuda quanto a esse problema inerente.

A NASA acaba de criar uma competição chamada HeroX destinada a inventores. Com intuito de chegar a uma solução para o que eles tem chamando de “problema do cocô espacial”, ela dará um prêmio no valor de 30 mil dólares para até três das melhores idéias apresentadas na competição.

Procedimento padrão

A bordo da Estação Espacial Internacional (ISS), os astronautas têm um dispositivo sanitário que usa vácuo para sugar e armazenar urina e matéria fecal, assim sendo capaz de descartar com segurança estes resíduos ou reciclá-los em água potável.

Mas se houver algum tipo de acidente – digamos, uma rachadura na nave espacial que resulte em uma perda de pressão dentro do veículo – os astronautas ficarão confinados aos seus trajes espaciais, com nenhuma escolha a não ser, evacuar diretamente em seus trajes espaciais.

Falando apenas da ISS (que não fica tão distante do nosso planeta), em poucas horas, os astronautas podem estar de volta à Terra para se limparem. Mas agora, com a NASA planejando enviar astronautas para Marte nos próximos 20 anos aproximadamente, os astronautas podem precisar passar bastante tempo dentro de seus trajes.

Por esta razão, a próxima geração de trajes da NASA foi projetada para fornecer ar limpo, água, proteção e nutrientes suficientes por até seis dias, ou 144 horas, como explica o astronauta Richard Mastracchio.

Problemas com cocô espacial

Mas a agência espacial não tem uma maneira segura de lidar com resíduos corporais que incluem urina, fezes e sangue menstrual. Por agora, a NASA ainda faz o uso de “fraldas geriátricas” para sanar esse “problema”.

Qualquer um que já tenha trocado a fralda de um bebê, sabe que se ele passar mais de algumas horas com uma fralda suja, isso pode acarretar infecções e erupções cutâneas. Isso aqui na Terra. Na microgravidade, uma vez que uma fralda fique cheia, não é preciso muito tempo para que o resíduo comece a viajar dentro do traje se aderindo a outras partes do corpo do astronauta.

Segundo a NASA, a fralda é apenas uma solução muito temporária e não oferece uma opção saudável e protetora por mais de um dia. E você não vai querer nenhum destes resíduos sólidos e fluidos presos ao seu corpo por seis dias.

Ajuda

Dito isto, a NASA pediu ajuda ao público para chegar a uma solução viável para este problema. Algumas das coisas a ter em mente, é que o novo traje espacial é muito justo, sem muito espaço para um sistema de alta tecnologia.

Há também a questão da microgravidade a se considerar, assim como o fato de que o traje precisa permanecer selado para proteger os astronautas do vácuo espacial. Qualquer sistema precisa ser por meio de acoplamento, já que os astronautas precisam ter suas mãos livres. E mesmo o traje sendo justo, é impossível que um astronauta acesse seu próprio corpo, mesmo para coçar o nariz.

A meta da NASA é testar até três das principais ideias para solucionar o problema do cocô espacial dentro de um ano e implementá-las totalmente nos próximos três anos. Eles também concederão até três prêmios de 30 mil dólares aos vencedores da competição.

É uma competição extremamente difícil – afinal, se algumas das mentes mais talentosos da engenharia espacial não conseguiram resolver este problema, isso significa que não há uma melhor opção, se não pedir ajuda a grande mente coletiva do público.

Embora, ir ao banheiro possa parecer algo tão trivial, no espaço isso pode significar a sobrevivência de astronautas.



Fonte

Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com