Novas imagens sugerem que Marte teve vários rios no passado

0

A cada novo dado ou imagem coletada de Marte, a ciência tem cada vez mais certeza que o nosso vizinho já foi um planeta cheio de vida, bem diferente do lugar frio e inóspito que é hoje. E para deixar essa hipótese ainda mais forte, novas imagens levam a crer que existia um vasto vale de rios no planeta.

Essas novas imagens foram uma cortesia da câmera de alta resolução da sonda Mars Express Orbiter, da Agência Espacial Europeia, que mostram indícios desse possível sistema de rios de Marte. A área fica no sul do planeta, próximo a Cratera Huygens e ao norte da bacia de impacto circular Hellas. Ela é uma das mais velhas de Marte (com idade entre 3,5 e 4 bilhões de anos) e possui várias crateras ao seu redor.

Marte-Rios 1
Fonte: ESA/DLR/FU Berlin

De acordo com as imagens, a morfologia desse possível sistema de rios se encaixa na categoria dendrítica, que possui ângulos de confluência variáveis que costumam se assemelhar a galhos de árvores.

Levando também em conta a topografia das imagens, é possível notar que a água desses prováveis rios fluía da elevação mais alta, à direita da imagem, para um local mais baixo, que está no canto esquerdo inferior. Eles, provavelmente, tinham água há bilhões de anos, mas hoje, existem apenas resquícios desse sistema.

E, claro, outra prova que contribui com essa possibilidade é que as imagens se assemelham muito aos sistemas de rios da Terra. Para efeito de comparação, observe abaixo o rio Yarlung Tsangpo, na região do Tibete, que possui o mesmo padrão dendrítico.

Marte-Rios 2
Fonte: Nasa

A Agência Espacial Europeia acredita que esse canais de Marte surgiram como resultado das fortes correntes desses rios, que criaram novos panoramas e ambientes no planeta. Chuvas fortes também podem ter contribuído para isso.

De qualquer forma, independente de como a água chegou lá, fica bem claro que ela já existiu na superfície de Marte. Vários outros estudos e missões futuras continuarão a analisar essa questão.



Veja também:   Vício em pornografia pode não ser exatamente um vício, dizem cientistas

Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com