Comer rápido faz mal para o coração e ajuda a aumentar o peso

0

Um estudo feito pela Universidade de Hiroshima, no Japão, concluiu que pessoas que possuem o hábito de comer rápido têm mais chance de desenvolver problemas cardíacos e ganhar peso. A pesquisa foi apresentada na Associação Americana do Coração (AHA, na sigla em inglês).

Os pesquisadores fizeram testes com pessoas na faixa dos 51 anos. Os dados mostram que a velocidade com que a pessoa se alimenta tem relação direta com a ocorrência de síndrome metabólica, um conjunto de condições como hipertensão e índice de gordura no abdômen, que elevam os riscos de doenças cardiovasculares.

Um dos pesquisadores, Takayuki Yamaji, fala ainda sobre um outro risco de se comer rápido. “Ao comer rapidamente, as pessoas tendem a não sentir saciedade. Assim, ficam mais propensas a exagerar. Esse comportamento leva a uma maior flutuação de glicose, o que pode resultar em resistência insulínica”. Em outras palavras, Yamaji afirma que o hábito de comer rápido aumenta o risco de contrair diabetes.

Tirando o pé do acelerador na hora da refeição

Especialistas dão algumas dicas para quem vive “queimando a largada” na hora do almoço. Uma boa opção é optar por alimentos mais sólidos e duros, que exigem mais tempo de mastigação. Isso irá acostumar o apressadinho a comer mais devagar.

Fazer as refeições sozinho também acaba fazendo com que as pessoas comam mais rápido. O ideal é que haja alguém para conversar enquanto se come, fazendo com que a refeição dure mais tempo.

Para os mais paranoicos, vale até descansar os talheres durante a refeição, pois segurá-los o tempo todo pode levar a comer mais depressa. Detalhes como preparar a mesa com objetos, jogo americano e outros cuidados, ou reservar um tempo exclusivamente para comer também podem ajudar a fazer uma refeição com mais calma, ou com menos pressa.



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com