Cientistas desenvolvem células não imunes que podem matar o câncer

0

Pesquisadores do ETH em Zurique, na Suiça, desenvolveram uma nova forma de tratamento para o câncer que envolve a programação de células não imunes. Essa nova tecnologia pode abrir portas para o desenvolvimento de uma solução geral para todos os tipos de câncer.

Células tronco já foram reprogramadas para atacar as células cancerígenas, porém se tratavam de células imunes. Isso significa que a reprogramação poderia trazer outros problemas, como febres e reações que poderiam até levar a morte, devido ao sistema imunológico, que passaria a não mais reconhecer a célula reprogramada.

Porém, três cientistas da Suiça conseguiram realizar a mesma programação em células sintéticas não imunes, que não causariam a reação do sistema imunológico. Um dos pesquisadores, Martin Fussenegger, explicou ao The Scientist como o tratamento funciona. “Eu compare isso a uma explosão, que poderia eventualmente matar a célula tronco sintética, junto com algumas células em volta, a maioria delas cancerígenas”.

Tratando todos os tipos de câncer da mesma forma

Segundo Fussenegger, um tratamento desenvolvido a partir dessas descobertas teria um alcance geral, ao contrário do que existe hoje.  “Essa tecnologia nos proporciona um enorme grau de generalização que não pode ser alcançado com as células tronco genuínas usada nas terapias contra o câncer atuais”, ele diz.

O pesquisador diz que as pesquisas buscam tratar o câncer de mama, mas o método poderia funcionar para qualquer outro tipo “escolhemos câncer de mama aqui, mas poderíamos ir com qualquer câncer ou outras células que precisamos matar”.

Veja também:   China está prestes a colocar uma 'lua artificial' no espaço para iluminar cidade

Ele deixa bem claro que atualmente, o novo sistema ainda está muito longe de ser aplicado em tratamentos, mas está confiante em suas descobertas ao lado de Leo Scheller, também do ETH Zurique e Ryosuke Kojima, da Universidade de Tóquio “eu acredito que nós abrimos um novo front na batalha contra o câncer”, finaliza.

 



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com